SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Marechal é o 1º município a receber o Programa Coração de Estudante

Imprimir esta Notícia
PROGRAMA CORAÇÃO DE ESTUDANTE E LANÇADO EM M.DEODORO 10.6.2016 foto olival santos (133)
Texto: Danielle Cândido
Fotos: Olival Santos

O Serviço de Cardiopediatria de Alagoas ganha reforço com o lançamento do Programa Coração de Estudante. A solenidade aconteceu nesta sexta-feira (10), em Marechal Deodoro, com o objetivo de identificar precocemente doenças de cardiopatia congênita em crianças de 3 a 5 anos de idade.

Marechal Deodoro é o primeiro município contemplado com o programa, promovido pela Fundação Cardiovascular de Alagoas (Cordial), em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Segundo o presidente de honra da Cordial, o cardiologista José Wanderley Neto, a iniciativa vai percorrer todos os municípios alagoanos, levando saúde e, sobretudo, cidadania à população.

“A nossa meta é realizar a busca ativa de crianças que podem estar com doença cardíaca silenciosa”, esclareceu Wanderley. Isso, porque, caso o problema de saúde apenas seja descoberto na fase adulta, a possibilidade de cura diminui significativamente. Ele assegurou que a criança que apresentar qualquer cardiopatia tem o acompanhamento integral assegurado.

O gerente executivo da Cordial, Otoni Veríssimo, informou que está previsto o atendimento de cerca de 400 crianças para realizar a ausculta do coração. Caso seja apresentado algum problema, a criança vai ser encaminhada ao ambulatório clínico do Hospital do Coração de Alagoas (HCor/AL), por meio do convênio firmado com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

PROGRAMA CORAÇÃO DE ESTUDANTE E LANÇADO EM M.DEODORO 10.6.2016 foto olival santos (57)

A pequena Paula Fernandes, 3 anos de idade, foi uma das crianças que participaram da ação. A dona de casa Josilene Pereira, mãe de Paula, procurou o serviço porque o esposo apresentou problema cardíaco. “Trouxe minha filha para tirar a dúvida, já que tem caso de cardíaco na família”, contou ela, que aprovou a ação, principalmente porque aconteceu perto de casa.

Assim como Paula, outros alunos da rede pública de Marechal Deodoro receberam atendimentos cardiológicos na Escola Professora Lucas, no bairro Taperaguá. O presidente da Cordial ressaltou ainda que é importante o contato com os estudantes e professores, porque eles podem ser uma extensão dos cuidados com a saúde. Por isso, além das consultas, foram promovidas palestras de prevenção à doença e noções de primeiros-socorros aos pais e professores.

O prefeito de Marechal Deodoro, Cristiano Matheus, confirmou total apoio à proposta que funciona com a integração entre a Cordial, a Sesau e o município. “O serviço é muito importante, principalmente por se tratar do cuidado com as crianças e a proposta de prevenção, o que vai beneficiar o futuro da saúde da população deodorense”, afirmou o prefeito.

PROGRAMA CORAÇÃO DE ESTUDANTE E LANÇADO EM M.DEODORO 10.6.2016 foto olival santos (176)

Serviço – A iniciativa tem a parceria da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Hospital do Coração de Alagoas (HCor) e a Prefeitura Municipal de Marechal Deodoro. As crianças serão encaminhadas para atendimento gratuito pelo Sistema Único de Saúde (SUS), caso seja identificado o problema cardíaco, sendo acompanhada desde a assistência clínica até o caso cirúrgico, para que se resolva o problema.

Cardiopatia congênita – A cardiopatia é uma anomalia na formação do coração da criança ainda no útero, podendo ser diagnosticado do nascimento até os cinco anos de idade. Quanto mais cedo for identificada há mais chances de ter uma recuperação com sucesso. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia, 23 mil crianças nascem por ano com enfermidades cardíacas e 80% precisam fazer algum tipo de cirurgia durante o desenvolvimento.

relacionadas

CIB