SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Técnicos de 20 municípios são capacitados sobre o Sisagua

Imprimir esta Notícia

Repórter: Fabiano Di Pace

Repórter Fotográfico: Olival Santos

Técnicos das Vigilâncias Sanitárias e Ambientais de 20 municípios alagoanos foram capacitados, nesta quarta-feira (15), sobre a operacionalização do Sistema de Informação da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua). A iniciativa foi realizada no auditório da Supervisão de Tecnologia da Informação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), no bairro Jaraguá, em Maceió.

Durante o curso foi detalhado como os técnicos que atuam nas ações de vigilância devem realizar o cadastro, coleta e análises das amostras de água analisadas por meio do Sisagua. Também foi evidenciado que o sistema está integrado ao Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), operacionalizado pelo Laboratório Central de Alagoas (Lacen/AL), responsável por analisar as amostras de água.

Na ocasião a assessora de vigilância de riscos ambientais, Isabel Castro, ressaltou a importância da capacitação para a segurança e bem estar dos alagoanos.  “É fundamental o conhecimento da situação da água e a busca por redução das possibilidades de doenças transmitidas por ela, quando utilizada para consumo humano”, explicou.

Isabel Castro reforçou que, por se tratar de um elemento essencial para a vida, a qualidade e segurança da água para consumo humano possui uma atenção prioritária por parte da gestão estadual de saúde. “O cuidado com a água é um compromisso de todos e uma responsabilidade abraçada pelos técnicos e gestores da área”, enfatizou.

Presente ao curso, o coordenador da Vigilância Sanitária de Olivença, Adriano Amaral, ressaltou a importância do treinamento e do conhecimento sobre o sistema. “O Sisagua é integrado e permite acesso a dados e informações que são imprescindíveis para o acompanhamento da situação dos municípios e para o cumprimento de metas de ação. Por isso a importância dos técnicos das Vigilâncias Sanitárias e Ambientais dos municípios terem total domínio sobre ele”, destacou.

Participaram da capacitação os representantes das cidades de Coqueiro Seco, Porto Calvo, Matriz de Camaragibe, Piaçabuçu, Major Isidoro, Cacimbinhas, Flexeiras, Barra de São Miguel, Olivença, Pariconha, Messias e Porto de Pedras. Também estiveram presentes ao treinamento os técnicos dos municípios de São Brás, Colônia Leopoldina, São Miguel dos Campos, Cajueiro, Paulo Jacinto, Porto Real do Colégio, Teotônio Vilela e Maragogi.  

relacionadas