SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Sesau realiza no HGE oficina de sensibilização à aposentadoria

Imprimir esta Notícia

Repórter: Neide Brandão

Repórter Fotográfico: Olival Santos

Uma sensibilização para o Programa de Preparação para a Aposentadoria (PPA) foi realizada nesta terça-feira (23), no Hospital Geral do Estado (HGE). A iniciativa é uma ação da Gerência Executiva de Valorização de Pessoas (GEVP) da Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) e contemplará todas as unidades  estaduais de saúde.

De acordo com Keyla Cristine Santos, psicóloga e técnica responsável pelo PPA na Saúde, o programa visa preparar os profissionais para se adaptarem as mudanças advindas da aposentadoria. “A intenção é garantir a qualidade de vida do servidor público e prepará-lo para a aposentadoria”, comentou a psicóloga.

Segundo ela, o programa está dividido em cinco oficinas que englobam temas como direitos sociais, direitos e deveres, além dos aspectos jurídicos da aposentadoria e psicossociais, qualidade de vida, planejamento financeiro e empreendedorismo.

“Estamos mostrando para os servidores como funciona o programa, que foi criado para torná-los mais capacitados na temática, desmistificando toda essa questão que a aposentadoria é o fim de tudo. A aposentadoria é o fechamento de um ciclo e início de uma outra etapa da vida com a definição de novas metas”, comentou.

Keyla Cristine destacou que o Governo do Estado tem como prioridade o bem-estar do servidor público, seja durante o cumprimento do seu tempo de serviço, ou após a conclusão de sua missão no Estado.

“O servidor muitas vezes resiste à aposentadoria, pois associa o término da carreira no serviço público com o fim de sua atividade intelectual. O PPA ensina que existem alternativas, tanto de lazer, quanto profissionais para os servidores”, ressaltou.

Durante os encontros, os profissionais recebem informações sobre clubes de lazer, cursos, associações para terceira idade e até dicas para empreendimentos e planejamento financeiro. “Essas pessoas dedicaram suas vidas para servir ao povo alagoano com eficiência e honestidade. Elas precisam e merecem todo o apoio do Estado na transição para esta nova fase de suas vidas”, destacou a responsável pelo programa.

relacionadas

CIB