SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Secretário de Estado da Saúde doa sangue no Hemoal

Imprimir esta Notícia

Repórter: Josenildo Törres

Repórter Fotográfico: Anderson Moreira

“Quero convocar os alagoanos para que se candidatem à doação de sangue, praticando um gesto que pode salvar até quatro vidas”. Este foi o chamamento feito pelo secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, após doar sangue no Hemocentro de Alagoas (Hemoal), nesta quarta-feira (14), durante as comemorações alusivas ao Dia Mundial do Doador de Sangue, instituído pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 2004.  

O apelo do gestor da saúde estadual se baseia no fato de o Hemoal dispor de apenas 61,33% do estoque de sangue mínimo necessário. Isso porque, a unidade deveria contar com 300 bolsas, mas dispunha de apenas 184 no início da tarde desta quarta-feira (14), com carência principalmente das tipagens A positiva, O positiva e O negativa, segundo o Núcleo de Coleta e Transfusão de Sangue.

Uma situação que dificulta o atendimento às solicitações de sangue que chegam ao Hemoal diariamente, principalmente do Hospital Geral do Estado (HGE), que consome cerca de 70% do sangue coletado. “Doador sangue não trás nem um dano à saúde, por isso, conclamamos os alagoanos com idade entre 16 a 69 anos de idade que possam fazer a sua doação voluntária de sangue”, salientou Christian Teixeira.

Pré-requisitos – E além de ter a faixa etária informada pelo secretário de Estado da Saúde, o voluntário deve ter no mínimo 50 quilos, comparecer ao hemocentro acompanhado dos pais, no caso dos menores de 18 anos, além de portar um documento de identificação oficial e original com foto.

Há impedimento para doação, segundo protocolo do Ministério da Saúde (MS), para os voluntários que tenham contraído hepatite após os 11 anos de idade, além de sífilis, Aids e doença de Chagas. Já para as gestantes e lactantes é proibida a doação e, para repetir o ato solidário, os homens devem respeitar um prazo de dois meses e as mulheres ficam impedidas durante três meses.

Pontos de Coleta – Os voluntários podem realizar suas doações de sangue em três postos fixos do Estado. Em Maceió é possível doar sangue no Hemoal Trapiche, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e das 8h às 12h, aos sábados. A unidade está localizada na Rua Dr. Jorge de Lima, ao lado do Hospital Geral do Estado (HGE).

Também é possível se candidatar a doação de sangue no Hemoal Farol, que funciona no Hospital do Açúcar, e atende de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h. Já no interior do Estado, as doações podem ser realizadas no Hemocentro Regional de Arapiraca (Hemoar), que provisoriamente está funcionando no Laboratório Municipal, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Dia Mundial – A data foi instituída em 2004, em homenagem ao aniversário de Karl Landsteiner, prêmio Nobel pela descoberta do sistema de grupos de sangue ABO. Conforme um documento da OMS, em todo o mundo são obtidas mais de 81 milhões de unidades de sangue por ano, mas apenas 27 milhões dessas unidades são coletadas em países de média e baixa renda, onde vive 82% da população mundial.

relacionadas