SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Projeto para implantar Teste de HIV em Palmeira vence prêmio nacional

Imprimir esta Notícia

Repórter: João Victor Barroso

Repórter Fotográfica: Carla Cleto

O Projeto para Implantação do Teste Rápido de HIV e Sífilis na Unidade de Saúde da Família (USF) do Povoado Boa Vista, em Palmeira dos Índios, foi o vencedor da 15ª Mostra Nacional de Experiências Bem Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (Expoepi). As enfermeiras que estiveram a frente da iniciativa, Cristiane Ferreira e Christiane Balbino, receberam o prêmio em Brasília, na categoria Vigilância, Prevenção e Controle das IST/HIV/Aids e Hepatites Virais.

A implantação do projeto ocorreu em 2015, após a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) promover uma capacitação no município. Durante a ação, foram treinados 100% dos profissionais de Enfermagem das USFs de Palmeira dos Índios, para que passassem a utilizar os testes rápidos de HIV e Sífilis.  

“Apenas duas USFs faziam a testagem e, com a capacitação, todas as unidades passaram a ofertar os exames de triagem, possibilitando que todos os moradores de Palmeira dos Índios tenham acesso aos testes rápidos. Isso porque, antes era necessário solicitar e fazer a marcação para os testes na Secretaria Municipal de Saúde. Somente depois, o cidadão voltaria com o resultado para a consulta, o que dificultava a procura pelos exames, além de todo o estigma social, envolvendo as doenças”, contou Cristiane Ferreira.

Ainda de acordo com a enfermeira, os moradores aderiram ao projeto porque o teste rápido está disponível de forma sigilosa, segura e com resultado em menos de 30 minutos. “Foram feitos 250 testes de HIV e Sífilis em adolescentes, adultos e idosos, onde não houve nenhum caso positivo para HIV e os pacientes detectados com sífilis estão sendo acompanhados pela equipe da USF Boa Visita e pelo médico infectologista da cidade”, explicou.

Programa IST/Aids em Alagoas – Em Alagoas a Sesau já capacitou 96 municípios, totalizando 689 Unidades Básicas de Saúde (USF), que estão aptas para a realização dos Testes Rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites B e C. De acordo com Mona Lisa Santos, técnica do Programa Estadual de IST/Aids, Palmeira dos Índios foi escolhido como o município prioritário para receber recursos que resultem em ações de controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e Aids.

“Com os recursos garantidos pelo órgão estadual, o município, seguindo as diretrizes da Sesau, desenvolveu ações de prevenção, priorizando as ações de diagnóstico nas Unidades Básicas de Saúde. Por isso, conseguiu ganhar destaque nacional, tornando-se referência em diagnóstico e tratamento de ISTs para a comunidade”, afirmou a técnica da Sesau, ao acrescentar que, além da distribuição dos testes rápidos, a Sesau envia também medicamentos para o tratamento dos pacientes infectados no município de Palmeira dos Índios.

O secretário de Estado da Saúde Christian Teixeira, parabenizou o trabalho inovador que vem sendo desenvolvido pelas enfermeiras Cristiane Ferreira e Christiane Balbino e pelos demais servidores da Unidade de Saúde da Família Boa Vista. “É um enorme prazer termos profissionais de saúde engajados, trazendo melhorias para o serviço público em nosso Estado. E quando falamos em tornar mais acessível o Teste Rápido de HIV e Sífilis, estamos possibilitando o diagnóstico precoce das ISTs e Aids, garantindo melhor qualidade de vida para o cidadão”, exaltou Christian Teixeira.

Premiação Nacional – A Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (Expoepi) foi promovida pela Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, visando prestigiar os servidores do Sistema Único de Saúde (SUS).

A 15ª edição da Expoepi teve cerca de três mil participantes, com a apresentação de 782 trabalhos e experiências. A Mostra Nacional foi dividida em três modalidades, que abordaram as experiências bem-sucedidas realizadas pelos serviços de saúde do SUS, trabalhos científicos desenvolvidos por profissionais do SUS e intervenções sociais que fortaleceram as ações de prevenção e controle das doenças de interesse de saúde pública.

relacionadas