SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Técnicos da saúde são capacitados para implementação Rede de Urgências

Imprimir esta Notícia

Repórter: Arnaldo Santtos
Repórter Fotográfico: Arnaldo Santtos

Em parceria com o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) está concluindo a capacitação de cerca de  cem técnicos de várias unidades de saúde estaduais e também para a implementação da Rede de Atenção às Urgências (RAU). 

O processo de formação-ação: Gestão Para Educação Permanente dos Profissionais da Rede de Atenção às Urgências (GEPPRAU)  teve início em fevereiro deste ano e será concluído em setembro, quando haverá uma apresentação final dos trabalhos realizados pelas equipes participantes.

A formação está sendo realizada uma vez por mês (em três dias consecutivos) no auditório da Faculdade Estácio, no bairro de Jatiúca, em Maceió. Na quarta-feira (12), foi concluída a penúltima etapa do curso. Neste módulo foram discutidos temas do Eixo Assistencial e também Educação Permanente.

“Estamos investindo na qualificação profissional dos servidores e isso é fundamental para que se tenha um resultado mais expressivo na qualidade do atendimento aos usuários. Esse é nosso objetivo enquanto estivermos no comando da Sesau”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira

De acordo com o Supervisor Geral do projeto, Gestão Para Educação Permanente dos Profissionais da Rede de Atenção às Urgências (GEPPRAU),  Sidney Marcel Domingues,  que é dentista, além de Doutor em Saúde da Criança e do Adolescente e mestre em  Saúde na Comunidade, na USP de Ribeirão Preto-SP, é fundamental que o Núcleo de Educação às Urgências (NEU) Regional seja implantado e implementado e que o Plano de Melhorias Continuado, a partir das linhas de cuidado elencadas pelos participantes, possa ser colocado em prática e com isso possa atender os usuários com mais qualidade seja em qualquer instância do atendimento, desde a atenção básica à reabilitação.

O supervisor destacou também que durante o treinamento foi evidenciado o processo de gestão para Educação Permanente dos profissionais de atenção às urgências. De acordo com a enfermeira Márcia Mecone, mestre e doutora em Programa de Gerenciamento em Enfermagem, além de facilitadora do curso de formação-ação, o NEU vai contribuir junto à coordenação das urgências para o melhor resultado das ações que serão implementadas na assistência de urgência e emergência, integrando a Rede de Atenção às Urgências (RAU). 

Ele servirá como uma espécie de “Painel de Controle” não no sentido de controlar as ações, mas pelo contrario, visualizar o que está correndo nas diversas áreas de ação da assistência e com isso sugerir medidas efetivas para que toda a RAU possa atuar de acordo com o que preconiza as Portarias do MS, especialmente a 2.048/2.002 como também garantir o usuário um atendimento adequado, de acordo, inclusive, ao que dispõe os direitos humanos.

A Portaria também regulamenta temas como a elaboração dos Planos Estaduais de Atendimento às Urgências e Emergências, Regulação Médica das Urgências e Emergências, atendimento pré-hospitalar, atendimento pré-hospitalar móvel, atendimento hospitalar, transporte inter-hospitalar e ainda a criação de Núcleos de Educação em Urgências.

Durante o módulo deste mês os participantes discutiram diversos temas, dentre eles: Gestão Clínica e centralidade nos resultados e satisfação dos pacientes; macrogestão, mesogestão, microgestão e nano gestão; governabilidade e governança na RAU e suas principais características; responsabilidades das três esferas de governo na saúde, entre outros.

O objeto desta discussão foi compreender as definições de governo, governabilidade, governança, gestão e participação social e sua aplicabilidade os serviços públicos de saúde, redes e serviços de urgências; identificar e propor mecanismos de pactuação e gestão da RAU e de suas melhorias continuadas, orientadas por resultados para os pacientes; compreender os pressupostos da Gestão Colegiada no núcleo regional de educação permanente NEU e dos NEPs, dentre outros. 

A conclusão do processo de formação dos profissionais será no final de agosto e no dia 11 de setembro está prevista a apresentação geral que será realizada no Conselho Regional de Psicologia (CRP-AL).

relacionadas