SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Sesau inicia Semana da Pessoa com Deficiência nesta segunda

Imprimir esta Notícia
 
Repórter: Marcel Vital
Repórter Fotográfica: Carla Cleto

Para comemorar a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, celebrado entre os dias 21 a 25 de agosto, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) promoverá uma programação especial para lembrar a data e dar visibilidade à causa.

 Nesta segunda-feira (21), a partir das 10h, a Sesau proporcionará uma sessão de cinema para as 240 crianças praticantes do Serviço de Equoterapia do Estado de Alagoas. A atividade será realizada graças a parceria com o Cine Kinoplex, e tem como objetivo garantir um momento de lazer para as pessoas com deficiência e seus acompanhantes, além de fomentar a interação social dos pacientes. 

De acordo com Renata Bulhões, supervisora do Cuidado à Pessoa com Deficiência da Sesau, a programação segue durante a semana. Na quarta-feira (23), haverá um Simpósio que irá tratar do Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) na Perspectiva de Integralidade no Cuidar. O evento vai acontecer no Maceió Mar Hotel, das 8h às 17h, e irá contar com a presença de profissionais envolvidos com o atendimento de crianças com TEA. 

“A ideia é fazer um evento para comemorar a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência e, portanto, integrar diversas discussões num espaço que nos possibilite trocar informações e avanços que auxiliem no dia a dia. Será uma oportunidade para que os profissionais discutam as dificuldades e os obstáculos pelos quais os pacientes autistas passam, visto que eles possuem diferentes níveis de comprometimento que podem ser leves, moderados ou graves”, destacou.

Ainda segundo a supervisora do Cuidado à Pessoa com Deficiência da Sesau, a proposta, após o Simpósio, é fazer uma Carta Compromisso, com o encaminhamento de um Fórum Permanente, onde os profissionais possam discutir as questões relativas à pessoa com autismo.

Já na quinta-feira (24) e na sexta-feira (25), irão acontecer exposições das atividades desenvolvidas nos Centros Especializados em Reabilitação (CERs), do público com deficiência do Estado de Alagoas, no Maceió Shopping, localizado no bairro Mangabeiras.

“É importante que a sociedade volte o olhar para as pessoas com deficiência. Então, quando a gente fala em diferenças, a maioria se volta para o desigual. O que a gente precisa mostrar é que esses pacientes têm potencialidades, direitos, sonhos e desejos. O respeito com o próximo é, sobretudo, essencial”, frisou.

relacionadas

CIB