SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Técnicos participam de Curso para Codificadores de Óbitos

Imprimir esta Notícia

Repórter: Fabiano Di Pace

Repórter Fotográfico: Olival Santos

Organizado para garantir o registro correto das causas de óbitos em Alagoas, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) iniciou, nesta segunda-feira (16), um Treinamento para Codificação de Óbito. A iniciativa, que se estende até sexta-feira (20) no Hotel Ponta Verde, no bairro Ponta Verde, em Maceió, busca capacitar profissionais para a alimentação correta do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM).

Com carga horária de 40 horas, o curso vai preparar municípios prioritários, além de unidades de referência como Hospital Geral do Estado (HGE), para que preencham corretamente o Sistema de Informação. De acordo com o assessor técnico da Sesau, Diego Pereira, o sistema atua como o norteador de ações e políticas de saúde.

“Com a capacitação de profissionais, a gestão estadual reforça seu compromisso em garantir uma assistência cada vez mais técnica, eficiente e pautada pelos princípios de humanização”, reforçou Diego Pereira.

O curso está sendo ministrado por Augusta Sarmento, que enfatizou a importância da codificação. “Todos terão acesso a conhecimentos teóricos e práticos e poderão alimentar o sistema de forma técnica, onde seja possível encontrar informações confiáveis e atualizadas”, destacou.

Augusta Sarmento ressaltou que, com dados de óbitos disponibilizados corretamente, é possível elaborar ações com mais efetividade. “Com informações concretas, são elaboradas intervenções técnicas e avaliada a incidência de doenças específicas. Isso é essencial para a constante evolução da assistência à saúde em Alagoas”, ressaltou.

relacionadas