SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Sesau firma parcerias para combater o Aedes no verão

Imprimir esta Notícia

Repórter: Fabiano Di Pace

Repórteres Fotográficos: Carla Cleto e Olival Santos

Com a proximidade do verão, período de maior incidência do Aedes Aegypti, responsável pela contaminação de dengue, zyka e chikungunya, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) busca intensificar suas ações de prevenção e combate contra os focos de reprodução do mosquito.

Segundo o assessor técnico de Vetores, Zoonoses e Fatores Ambientais da Sesau, Eduardo Silva, a gestão estadual está participando de articulações com secretarias de assistência social e educação dos municípios para ampliar o escopo da atuação.

“Além das ações de combate e prevenção realizadas pelos agentes de endemias – estaduais e municipais –, estamos realizando reuniões com áreas como assistência social e educação para ampliar o alcance e efetividade da informação”, explicou Eduardo.

O assessor revelou que são feitas sugestões sobre formas de atuação para as gestões municipais. “Cada cidade atua dentro de sua capacidade e respeitando a realidade local. As escolas podem envolver os alunos em ações de prevenção e a assistência pode envolver seus Centros Especializados de Assistência Social para ampliar o alcance da mensagem”, destacou.

Uma das ações em prática é o projeto Todos Contra o Aedes aegypti, uma iniciativa da Sesau e da Ensinart Editora, em parceria com o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems/AL).

A ação envolve mais de 23 mil alunos das Redes Municipais de Ensino de 23 cidades, selecionadas com base nos números de infecção pelo mosquito Aedes aegypti. “Foram capacitados 250 professores que receberam o material didático e cartilha. Esses alunos atuam como multiplicadores de conhecimento e são importantes para que as técnicas de prevenção alcancem mais pessoas”, destacou o supervisor de Endemias da Sesau, Paulo Protásio.

relacionadas