SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Hemocentros iniciam campanha de doação de sangue nesta terça

Imprimir esta Notícia

Repórter: Josenildo Törres

Repórter Fotográfica: Carla Cleto

Os Hemocentros de Alagoas (Hemoal) e Regional de Arapiraca (Hemoar) iniciam, nesta terça-feira (21), uma campanha de doação de sangue para atender as transfusões do fim de ano. A ação, que irá contemplar cada doador com uma camisa confeccionada em homenagem à Semana Nacional do Doador de Sangue, será encerrada na sexta (24), em Arapiraca, e no sábado (25), em Maceió.

Por meio da iniciativa, o Hemoal e Hemoar esperam dispor de um estoque estratégico, uma vez que, durante o mês de dezembro, as doações de sangue sofrem drástica redução, em razão das férias e das confraternizações. Por outro lado, a ocorrência de acidentes de trânsito aumenta, segundo apontam o histórico de anos anteriores, de acordo com dados dos hospitais de urgência e emergência.

“Historicamente temos um aumento no consumo de sangue no último mês do ano e, paralelamente, ocorre queda no número de doações. Por isso, a necessidade de realizarmos uma campanha de prevenção, que também tem o propósito de homenagear os doadores voluntários, cujo gesto pode salvar até quatro vidas”, justifica a gerente do Hemoal, Verônica Guedes.

Postos de Coleta

As doações de sangue podem ser realizadas no Hemoal Trapiche, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e aos sábados, das 8h às 17h. Já no Hemoal Farol, localizado no Hospital do Açúcar, o atendimento ocorre das 8h às 11h. Para os voluntários do interior, as doações podem ser realizadas no Hemoar, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30, na Rua Geraldo Barboza, no Centro de Arapiraca.

Quem pode doar sangue

Para se candidatar à doação é necessário ter idade entre 16 e 69 anos, no mínimo 50 kg e portar um documento de identificação com foto, segundo exigência do Ministério da Saúde (MS). No caso dos menores de 18 anos é necessário estar acompanhado dos pais e portando um documento de identificação oficial e original dos responsáveis.

O voluntário não pode ter contraído doença de Chagas, Aids, sífilis e hepatite após os 11 anos. É indispensável que o candidato à doação compareça bem alimentado. Em se tratando das gestantes e lactantes, não é permitida a doação. Já quanto aos doadores que irão repetir o procedimento, estipula-se um intervalo de dois meses para os homens e três para as mulheres

relacionadas