SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Crianças aprendem importância da alimentação saudável

Imprimir esta Notícia
 
 
Repórter: Marcel Vital
Repórter Fotográfica: Carla Cleto
 

O consumo de frutas e verduras é fundamental em todas as idades, sobretudo para as crianças, que estão em pleno desenvolvimento. Pensando em orientar os pequenos, os profissionais da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) ensinaram de um jeito lúdico e divertido a importância da alimentação saudável nesta fase, como forma de prevenção de doenças, pois a indisciplina pode resultar em obesidade, hipertensão e muitos outros problemas de saúde no futuro.

A ação aconteceu na Arena de Delmiro Gouveia, durante o VIII Governo Presente.Cerca de 30 crianças, com idades entre 5 e 12 anos, assistiram a apresentação da nutricionista Ana Beatriz Moreira, que atua no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) de Delmiro Gouveia. Atentos, os pequenos se divertiram e aprenderam como priorizar alimentos mais naturais e, além disso, como afastar do corpo as quantidades nocivas de açúcar, gordura, sal e diversos aditivos químicos que têm tornado a criançada gorda e também doente.

Ana Beatriz Moreira explicou que a ideia foi mostrar às crianças e adolescentes a importância da alimentação saudável junto com a atividade física. “Fazer essa junção é necessário para que elas cresçam com hábitos saudáveis. O nosso objetivo é melhorar cada vez mais o paladar e o estilo de vida desses meninos e meninas”, comentou.

De acordo com ela, as frutas e as verduras fazem parte do grupo de alimentos reguladores, pois fornecem ao organismo vitaminas, minerais, fibras e água. “A criança necessita desses alimentos para sua formação, visto que são essenciais para o crescimento e desenvolvimento”, afirmou.

O secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, interagiu com a criançada e seus familiares, entregando kits-lanche para que os pequenos pudessem saborear, enquanto seus pais aproveitavam os serviços de saúde disponibilizados pela Sesau, tais como massagens, aferição de pressão, medição da glicemia, testes rápidos para diagnóstico de sífilis, HIV e hepatites virais, emissão do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), bem como palestras educativas com temas variados sobre cuidados com a saúde, bem-estar, promoção e prevenção.

“É com muita alegria e satisfação que a Sesau participou da 8ª edição do Governo Presente, no Alto Sertão Alagoano, com um recorde de quase 20 mil atendimentos nos últimos três dias. Saio daqui não só com o dever cumprido, mas com a alma lavada em saber que fizemos o bem a tantas pessoas. O governador Renan Filho e toda sua equipe estão de parabéns, visto que se empenharam com ações que trouxeram respeito e dignidade à população sertaneja”, destacou Christian Teixeira.

Beneficiado

O pequeno Josiel Carlos Araújo tem oito anos e está acostumado com alimentos nutritivos. Come maçã e outras frutas no lanche da manhã e da tarde e falou animado como gosta de beterraba. Ele saiu com o sorriso entre os lábios ao receber o kit das mãos do titular da saúde estadual e disse que as dicas serviram de lições sobre os alimentos que fazem mal e podem deixar a criançada doente.

Josiel reconheceu que as calorias presentes no hambúrguer, batata frita e refrigerante são atrativas, mas garante saber o valor da alimentação saudável, mesmo com a pouca idade. “Essas besteiras são uma delícia, quem não gosta? Mas eu prefiro comer um bom prato colorido com legumes, folhas e muitas frutas, principalmente a tangerina, que eu adoro”, contou.

Consultas especializadas

Ainda na Arena de Delmiro Gouveia foram disponibilizadas consultas com um ginecologista, visando à prevenção do câncer de colo do útero e o de mama, assim como um dermatologista. Ana Paula Rocha, de 26 anos, aproveitou a oportunidade para ficar atenta à saúde das suas mamas.

“Trazer consultas para Delmiro Gouveia e resolver o problema no quintal de casa, para não ter o desconforto do transporte, dificuldade de ida e vinda, é gratificante. É um privilégio ter médicos especialistas na cidade e, de quebra, com serviços gratuitos. Dessa forma as nossas dificuldades diminuem bastante”, avaliou.

relacionadas

CIB