SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Sesau promove oficina visando expansão da Ouvidorias SUS

Imprimir esta Notícia

 

Repórter: Fabiano Di Pace

Repórter Fotográfico: Olival Santos

 

Com uma demanda de 310 denúncias, reclamações, sugestões, solicitações e elogios recebidos por mês, em média, a rede de Ouvidoria do SUS em Alagoas já mostra a confiança da população na prestação de um serviço que está ao alcance do cidadão como importante ferramenta para ajudar a melhorar as políticas em uma área tão essencial como a saúde pública.

Para a coordenadora da rede de ouvidorias da Secretaria de Estado da Saúde, Janaílma Azevedo, esse serviço é um importante instrumento de gestão e cidadania. “Um canal entre usuários e gestores que serve de ponte para expor a realidade da assistência identificando os desafios a serem transpostos e, ao mesmo tempo, elogiar os avanços alcançados”, avalia a coordenadora.

As ouvidorias municipais já estão implantadas em 18 cidades alagoanas. “Os números mostram a confiança da população nesses serviços, que continuam a expandir seu alcance e garantir que as vozes dos usuários do SUS sejam ouvidas e façam parte da produção de políticas públicas cada vez mais includentes e eficazes”, reforça Janaílma Azevedo. 

A recomendação do Governo de Alagoas é que as Ouvidorias do SUS sejam implantadas em cada município, possibilitando assim que todo cidadão possa ajudar a melhorar a saúde pública estadual. Dentro desta meta, a Sesau promove, nesta terça-feira (28), mais uma oficina voltada à expansão desse serviço e à capacitação dos servidores que atuam na área.

A oficina será realizada na sala 904 da Faculdade Mauricio de Nassau, no Farol. Janaílma espera contar com a participação de representantes dos 102 municípios alagoanos. “Todos foram convidados”, disse a coordenadora. O treinamento, segundo ela, é importante não somente à capacitação mas, também, à expansão das Ouvidorias do SUS no Estado.

relacionadas

CIB