SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Sesau apresenta Programa de Saúde Ocupacional para o Lacen

Imprimir esta Notícia

 

 

Repórter: Fabiano Di Pace

Repórter Fotográfico: Olival Santos

 

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) fez a entrega oficial, nesta terça-feira (10), do Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional (PCMSO) para o Laboratório Central de Alagoas (Lacen). O documento é um marco, que atesta o compromisso da Sesau em assegurar saúde, segurança e o bem-estar de seus servidores.

Na avaliação do gerente de Valorização de Pessoas da Sesau, Robson José da Silva, o programa especifica procedimentos e condutas a serem adotadas pelos órgãos da secretaria. De acordo com ele, esses procedimentos e condutas devem estar em conformidade com os riscos que os servidores se expõem no ambiente de trabalho, além de prevenir, detectar precocemente, monitorar e controlar possíveis danos à saúde do profissional.  

De acordo com a responsável técnica pelo Setor de Segurança e Saúde do Trabalhador da Sesau, Nayara Calheiros, 9 unidades estaduais já contam com o programa de saúde ocupacional. “Com a inclusão do Lacen/AL, passa para 10 o número das unidades com setores dedicados à saúde dos servidores”, explicou.

 

Essa evolução, segundo ela, é essencial para que o número de afastamentos por doença ou acidentes seja diminuído e a assistência prestada à população melhorada. A médica do trabalho Lucy Braga, responsável pela elaboração do PCMSO, ressaltou que o documento é dinâmico e adapta-se à realidade identificada no momento.

“O programa não é um conjunto de papéis que será guardado numa gaveta. Ele representa um documento orientador, que deve ser reavaliado constantemente”, reforçou a médica. 

relacionadas

CIB