SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Sesau oferece curso de preceptoria para profissionais do SUS

Imprimir esta Notícia

Repórter: Fabiano Di Pace

Repórter Fotográfico: Olival Santos

 

Concebido para instrumentalizar os profissionais de saúde que exercitam a atividade de acompanhar e orientar na formação continuada dos trabalhadores do SUS, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), através de sua Gerência de Valorização de Pessoas (GEVP), oferece o Curso de Preceptoria do Sistema Único de Saúde (SUS) em Alagoas.

A aula inaugural do curso ocorreu no dia 24 de julho, no auditório da Sesau, em Jaraguá, contando com a participação de 52 alunos de múltiplas áreas, incluindo Medicina, Enfermagem, Psicologia, Assistência Social, dentre outras. O gerente executivo da Valorização de Pessoas da Sesau, Robson Silva, destacou o caráter histórico da preparação dos profissionais.

“Estamos iniciando uma nova era, onde o papel educador, previsto em Lei para as unidades do SUS, recebe mais investimentos e qualificação para o cumprimento da missão de formar novos profissionais”, destacou Robson Silva.

O gerente executivo da Valorização de Pessoas da Sesau lembrou que o apoio do gestor estadual da pasta, Christian Teixeira, é fundamental na realização do curso. “O secretário de Estado da Saúde abraçou a ideia, entendendo o papel essencial que a educação possui para o avanço da qualidade da saúde pública em Alagoas”, reforçou.

O curso, que tem duração de 90 dias, é formado por aulas presenciais e por meio da Internet. Ele aborda temas como os fundamentos da educação, educação e trabalho, política e saúde e a formação do profissional.  

A técnica da Assessoria de Educação em Saúde da Sesau, Patrícia Bezerra, ressaltou que o curso foi criado a partir de uma necessidade identificada por mestrandos da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

“Foi constatado, por meio de pesquisa, a necessidade de preparação na área de preceptoria no SUS. Com isso, a Sesau atuou disponibilizando o curso em uma plataforma própria e de forma semipresencial, possibilitando aos profissionais finalizarem o curso sem prejuízo à sua atuação”, explicou Patrícia Bezerra.

Já a assistente social Maria Liége Batista, instrutora do curso, ressaltou que a educação é sempre o melhor caminho para a evolução da assistência prestada aos alagoanos na área de saúde pública.

“Preparar os futuros profissionais de saúde é uma missão nobre que deve ser encarada com seriedade. A preparação na área de saúde é contínua e com a realização do curso a Sesau avança em sua caminhada para oferecer cada vez mais serviços de qualidade aos alagoanos”, reforçou a instrutora.    

relacionadas

CIB