SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Acadêmicos de Medicina fazem visita técnica ao Samu Maceió

Imprimir esta Notícia

 

Repórter: João Victor Barroso

Repórter Fotográfico: João Victor Barroso

 

A Central Maceió do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) abriu as portas para os acadêmicos de Medicina do Centro Universitário Cesmac, conhecerem como funciona o setor de saúde ocupacional da instituição. Os alunos do 6º período visitaram as dependências do Samu Maceió nesta quarta-feira, (10), no bairro do Farol.

Entre os temas apresentados durante a visita os alunos puderam conhecer o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) do Samu. Além de tomarem conhecimento dos principais riscos físicos e biológicos, que podem acometer os socorristas durante o atendimento pré-hospitalar.

De acordo com Wilson Souza, engenheiro do trabalho do Núcleo de Atenção à Saúde e Segurança do Servidor da Secretaria de Estado da Saúde, para reduzir todos os riscos o setor de saúde ocupacional do Samu Maceió conscientiza os profissionais a usarem os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) de maneira correta.

“Mostramos para esses futuros médicos a importância da utilização dos EPIs, como o macacão, botas, protetores auriculares, máscara, luvas, óculos. E alertando que muitas vezes pela negligência dos profissionais em não usar algum desses equipamentos, um acidente de trabalho pode acontecer. Sobre o setor da saúde ocupacional mostramos as ações feitas para a prevenção de doenças e os riscos no ambiente de trabalho”, destacou o engenheiro.

Os principais afastamentos médicos no Samu também foram apresentados entre eles estão os problemas de coluna, a perda de audição por causa de ruídos e os problemas psicológicos, em decorrência de estresse.

O acadêmico Roosevelt Padilha, 22, falou que essa visita faz parte da disciplina de Saúde do Trabalhador e esse aprendizado reforça a necessidade de se proteger durante o exercício da profissão.

“Além de cuidarmos dos pacientes, também devemos nos proteger dos riscos que possam existir no ambiente de trabalho. Foi isso que consegui aprender com essa visita. Agora eu tenho consciência dos principais erros cometidos pelos profissionais de saúde, e quando estiver formado, espero não cometê-los”, ressaltou o estudante.

A equipe multidisciplinar que compõe o setor de Saúde Ocupacional do Samu Maceió é formada por médicos do trabalho, técnicos de enfermagem, psicólogos e engenheiro do trabalho.

relacionadas

CIB