SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Palestra evidencia câncer de próstata no HGE

Imprimir esta Notícia

 

Repórter: Neide Brandão

Repórter Fotográfica: Carla Cleto

 

Doença que tem no histórico familiar, na idade, raça e alimentação inadequada alguns dos fatores desencadeadores, o câncer de próstata foi tema de uma palestra realizada nesta quarta-feira (07) no Hospital Geral do Estado (HGE), o médico urologista Humberto Montoro ressaltou que quando descoberto logo no início, este tipo de câncer apresenta cura de mais de 90% nos atingidos.

De acordo com o especialista, o câncer de próstata é o tipo de câncer mais comum entre os homens e não apresenta sintomas na fase inicial; aumentando o risco de desenvolvimento com o avançar da idade.

“Os cuidados preventivos são essenciais, ir ao urologista, realizar o PSA e o exame de toque, a partir dos 50 anos e, quando existirem casos na família, a partir das 40 anos de idade. Os exames de rotina são fundamentais para impedir a gravidade da doença”, alertou.

Segundo Humberto Montoro, o diagnóstico é feito através do exame de toque, “quando encontramos um nódulo endurecido, com superfície irregular e percebemos a próstata fixa; também, os índices do PSA e a história clínica do paciente indicam a doença. Quando descoberto logo no início, o câncer de próstata responde bem ao tratamento, tendo um taxa de óbitos de apenas 6%”, relatou o urologista.

A palestra faz parte de ações desenvolvidas pelo Serviço de Qualidade de Vida do Trabalhador (SQVT), referentes ao Novembro Azul, que alerta homens sobre os cuidados de prevenção para evitar o câncer de próstata e outros tipos de cânceres específicos ao sexo masculino.

relacionadas

CIB