SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Sesau faz capacitação sobre Ouvidoria SUS

Imprimir esta Notícia

 

Ascom Sesau com Ascom Pestalozzi de Maceió

 

Instituições conveniadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) que atendem pessoas com deficiência foram capacitadas sobre a implantação da Ouvidoria SUS. Realizado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), o treinamento contemplou os colaboradores da Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas (Adefal), Fundação Casa do Especial (Funcae), Instituto Crescer, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e Associação Pestalozzi de Maceió.

Ministrada pela assessora da Ouvidoria SUS em Alagoas, Janaílma Azevedo e pela ouvidora SUS do Hemocentro de Alagoas (Hemoal), Verônica Santos, a capacitação esclareceu as dúvidas e informou as instituições acerca da importância da Ouvidoria SUS, que é um canal de diálogo entre a gestão e a sociedade.

Para Janaílma Azevedo, é de suma importância ouvir a sociedade sobre o serviço que está sendo oferecido. “O nosso trabalho, além de fazer a recepção das demandas é de prestar apoio técnico, para que o serviço seja mais qualificado e mais aprimorado”, afirmou.

“É importante que os setores respondam a ouvidoria para que a sociedade não se sinta lesada, e a gestão maior das instituições deve cobrar por treinamentos e qualificações”, declarou Tereza Amaral, presidente da Pestalozzi de Maceió.

Ouvidoria SUS

É a instituição que representa os interesses dos cidadãos no ambiente em que atua na busca de resoluções efetivas. A sociedade se manifesta através de reclamações, denúncias, sugestões, críticas e elogios. É um meio de participação social.

relacionadas

CIB