SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

HGE registra entrada de 1.775 pacientes no feriadão das festas natalinas

Imprimir esta Notícia

 

Texto de Marcel Vital
Fotos: Carla Cleto

Durante o feriadão das festas natalinas, as unidades de saúde mantidas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) trabalharam de forma intensa. O Hospital Geral do Estado (HGE), que é a principal referência para a assistência de alta complexidade de urgência e emergência, fez 1.775 atendimentos entre sexta (21) e terça-feira (25), e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizou o atendimento de 622 pessoas.

No maior hospital público de Alagoas, a equipe multiprofissional prestou assistência a 1.226 pacientes em decorrência de casos clínicos, 325 acidentes casuais, 136 acidentes de trânsito, 63 agressões por arma de fogo e por arma branca, 17 acidentes de trabalho, sete tentativas de suicídio, três queimaduras, dois afogamentos e uma vítima de violência doméstica.

Também foram realizadas 357 internações, 126 transferências e 78 procedimentos cirúrgicos. Além disso, 1.458 pacientes receberam alta médica hospitalar e 58 vieram a óbito.

Em cinco dias, foram recebidas 7.935 ligações telefônicas pelas duas Centrais do Samu, localizadas em Maceió e Arapiraca. Na capital, de sexta até a noite de terça-feira, das 4.653 ligações recebidas, 2.214 foram de trotes. No mesmo período, em Arapiraca, das 3.282 ligações recebidas, 2.011 foram de trotes. O serviço ainda orientou 422 pessoas por telefone, sem que fosse preciso que a equipe médica se deslocasse da base.

O Hospital de Emergência Daniel Houly, em Arapiraca, registrou 163 atendimentos a vítimas de acidentes no trânsito, sendo 149 pacientes de quedas e colisões com motos.

O Hospital ainda registrou 147 atendimentos a vítimas de quedas da própria altura, quatro vítimas de agressão com arma branca (faca/facão) e quatro assistências a vítimas de agressão com arma de fogo.

Também foram contabilizados 29 atendimentos a pessoas com corpo estranho no olho, 23 atendimentos a vítimas de picada de escorpião e sete assistências a vítimas de mordida de cachorro.

Dos 790 pacientes que receberam atendimento no Hospital de Emergência do Agreste, 728 pacientes receberam alta médica. Ainda foram registrados dois óbitos e 60 pessoas continuaram internadas e em observação médica.

Já nos ambulatórios 24h vinculados à Sesau, foram realizados 4.116 atendimentos, sendo 990 no Assis Chateaubriand, no Tabuleiro do Martins; 796 no Denilma Bulhões, no Benedito Bentes; 613 no Dom Miguel Fenelon Câmara, na Chã da Jaqueira; 1234 no João Fireman, no Jacintinho; e 483 no Noélia Lessa, na Levada.

 

relacionadas

CIB