SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Samu promove Curso sobre Atendimento Pré-Hospitalar

Imprimir esta Notícia

Repórter: João Victor Barroso

Repórter Fotográfico: João Victor Barroso

Para dar continuidade ao Curso de Atendimento Pré-Hospitalar (APH) Básico para técnicos de enfermagem e condutores socorristas, a Central Maceió do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) iniciou o módulo II da capacitação. As aulas aconteceram no auditório do Núcleo de Educação Permanente (NEP) da Central Maceió, no bairro do Farol.

O 2º módulo reuniu 33 profissionais das Bases Descentralizadas de Marechal Deodoro, Atalaia, Barra de Santo Antônio, São Miguel dos Campos, Colônia Leopoldina, Viçosa, Murici, Maragogi, União dos Palmares, São Luis do Quitunde, Porto Calvo e Rio Largo.

De acordo com Luiz Antônio Mansur, coordenador do NEP da Central Maceió do Samu, esses socorristas foram aprovados no módulo I do curso e estão retornando para aprofundar os conhecimentos no atendimento pré-hospitalar.

“Estamos dando continuidade ao curso para que os nossos técnicos de enfermagem e condutores socorristas estejam cada vez mais preparados para atuarem no Samu. Após a capacitação sobre situações de acidentes envolvendo traumas, esse módulo, nos voltamos para os casos que representam o maior volume de atendimento no Samu que são as ocorrências clínicas”, afirmou o coordenador.

Entre os temas abordados durante as aulas teóricas, foram discutidas síndromes metabólicas, cardiorrespiratórias e neurológicas, urgências e emergências cardiológicas, doenças infecciosas, segurança do paciente e combate à violência contra as mulheres.

Para o condutor socorrista, José Noé, da Base Descentralizada de Murici, o curso está sendo muito importante para que os profissionais adquiram mais conhecimento e estejam preparadas para as ocorrências do dia.

“Na nossa profissão de socorrista, atendemos todos os tipos de ocorrência sejam traumas ou situações clínicas, por isso precisamos estar treinados e capacitados para no momento que a sociedade precisar estar prontos. O curso está excelente, aproveitei bastante as aulas envolvendo crianças e recém-nascidos para tirar dúvidas, porque não é a nossa rotina atender esse público”, destacou o condutor socorrista.

A parte prática do curso contou com aulas sobre manejo de materiais dentro das ambulâncias, urgências pediátricas e neonatais, assistência obstétrica e atendimento ao paciente psiquiátrico.

relacionadas

CIB