SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Linha de Cuidado às Crianças com Zika é apresentada pela Sesau

Imprimir esta Notícia

Repórter: Fabiano Di Pace

Repórter Fotográfico: Olival Santos

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) iniciou, nesta segunda-feira (29), a Oficina sobre a Estratégia de Fortalecimento da Atenção Integral às Crianças com Infecção Congênita Associada ao Zika e às STORCH (Sífilis Congênita, Toxoplasmose, Rubéola, Citomegalovírus e Herpes).

O evento, que se estende até esta terça-feira (30), no auditório da Universidade Maurício de Nassau, no bairro Ponta Verde, em Maceió, tem a parceria do Ministério da Saúde e apoio da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

A oficina tem como meta a apresentação da linha de cuidado das crianças acometidas pelas síndromes da Zika e STORCH. Participam do evento os gestores estaduais e municipais, além de representantes da Atenção Básica e das Secretarias Municipais de Educação e de Assistência Social dos municípios considerados prioritários: Maceió, Arapiraca e Palmeira dos Índios.

O secretário executivo de Ações de Saúde da Sesau, Paulo Teixeira, destacou que a oficina reforça o cuidado com as crianças e suas famílias, numa ação com a participação de diversas áreas. “A união da Saúde, Educação e Assistência é essencial para promover um atendimento integral às crianças e famílias”, destacou gestor.

Para assessora do Cuidado à Pessoa com Deficiência da Sesau, Renata Bulhões, a oficina qualifica os profissionais para a implementação de estratégias que garantam a atenção integral às crianças com Zika e STORCH. “O cuidado com as crianças acometidas pelas síndromes associadas à Zika e STORCH serão acompanhadas pelas equipes da Atenção Básica no Programa Saúde da Família, com o apoio da Sesau”, ressaltou.

Durante a oficina, também serão apresentadas as experiências exitosas de cada município, o processo de inclusão das crianças na linha de cuidado e a avaliação das estratégias dos municípios prioritários. “A coordenação intersetorial é um passo importante para o atendimento à população e Alagoas é um dos Estados que avança nessa área, com ações acertadas e capazes de ampliar a acessibilidade e resolutividade da assistência”, reforçou a representante do Ministério da Saúde, Simone Alcântara.      

relacionadas

CIB