SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Ação no Rei Pelé alerta sobre prevenção do câncer de mama

Imprimir esta Notícia


Repórter: Mônica Lima

Repórteres Fotográficos: Francisco Cedrin e Célio Júnior

Os torcedores que foram ao Estádio Rei Pelé assistir ao jogo entre CSA e o Internacional, na noite desta quarta-feira (9), pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, tiveram a oportunidade de compartilhar um momento com 22 mulheres mastectomizadas que levaram, dentro do projeto Outubro Rosa, uma mensagem de alerta sobre o câncer de mama. A ação, promovida pela Rede Feminina de Combate ao Câncer, contou com a parceria da Supervisão de Saúde da Mulher da Secretaria de Estado da Saúde.

Alertar as mulheres sobre o câncer de mama e colo de útero está entre as ações realizadas ao longo deste mês com mais intensidade, porque se a doença for tratada no início, a chance de cura é de mais de 80%. E, com essa missão, mulheres que tiveram câncer, foram ao estádio informar que é importante a prevenção e, para isso, devem ser feitos exames, como mamografia e ultrassonografia das mamas.

A coordenadora do Programa de Saúde da Mulher, Carmem Nascimento, que esteve acompanhando a ação, destacou que eventos como esses são necessários para lembrar às mulheres, que não devem se descuidar dos exames que podem detectar a doença. “A prevenção é fundamental, por isso as mulheres devem procurar a unidade de saúde mais próxima de sua casa, onde será atendida e encaminhada para fazer os exames, como mamografia e ultrassonografia, que detectam se há nódulos nas mamas. E, caso se identificada alguma alteração são encaminhadas, para as unidades que são referências no tratamento”, frisou.

O câncer de mama é causado pela multiplicação anormal das células da mama, que se transformam em um tumor maligno. E, no Brasil as taxas de mortalidade continuam elevadas, o que levam as mulheres a dobrarem a atenção em relação ao diagnóstico precoce, que em conjunto com o tratamento, possibilita um melhor resultado.

relacionadas

CIB