SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Vida Nova nas Grotas realiza 1.553 atendimentos no Distrito Industrial

Imprimir esta Notícia

Repórter: Fabiano Di Pace

Repórter Fotográfico: Olival Santos

Moradores da comunidade Coca-Cola, no Distrito Industrial, no Tabuleiro do Martins, receberam nesta quinta-feira (24) mais uma ação do projeto Vida Nova nas Grotas. Durante o evento foram oferecidos serviços de aferição de pressão arterial e glicose, testes rápido para sífilis e HIV, além de vacinas para atualização do calendário de imunização. Foram 1.553 atendimentos prestados aos moradores. 

Segundo a assessora técnica da Secretária de Estado da Saúde (Sesau), psicóloga Elma Liliane de Araújo, as ações levam informação e prevenção à população. “O conhecimento e a adoção de práticas preventivas são essenciais para a manutenção da saúde e bem-estar”, explicou.

Os testes, ainda de acordo com a assessora técnica da Sesau, detectam a presença de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), como sífilis e HIV. “É importante viver sabendo! Quando é observada a infecção, o paciente é aconselhado a buscar o tratamento nos centros de referência”, destacou Elma Liliane de Araújo.

Ao longo da ação também foram distribuídos preservativos masculinos e femininos. “A prevenção ainda é o melhor caminho para a segurança de todos. A informação correta e a consciência do cuidado podem salvar incontáveis vidas”, salientou.

Saúde Bucal – Outro aspecto importante da ação é a avaliação da saúde bucal, especialmente das crianças, feita pela equipe de profissionais que atua no programa. As avaliações são realizadas pelo odontólogo da Sesau, Eraldo Andrade.

“A saúde bucal é essencial para o bem-estar físico e psicológico de todos. Por isso é essencial a transmissão de conhecimento e avaliações periódicas”, explicou Eraldo Andrade.

Beneficiada – Para Isabel Silva, moradora da comunidade, ações como as que foram realizadas nessa quinta-feira são importantes, pois, levam informação e serviços a lugares muitas vezes esquecidos. “Pude realizar exames próximo a minha residência. Espero que isso se torne uma rotina”, destacou.

Cleonice Silva, outra moradora da comunidade, aproveitou a ocasião para atualizar o cartão de vacinação. “Com certeza estou mais segura agora, depois que tomei as vacinas”, reforçou.

relacionadas

CIB