SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Nexo causal em segurança de trabalho é discutido na 10ª Sipat do HGE

Imprimir esta Notícia


Repórter:
Neide Brandão

Repórter Fotográfico: Olival Santos

Lidar com todas as situações geradoras de um acidente de trabalho até a consequência final é o que se denomina nexo causal em Segurança do Trabalho, tema abordado nessa quarta-feira (30), na abertura da 10ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes (Sipat) do Hospital Geral do Estado (HGE).

Segundo o médico do trabalho, José Gonçalo da Silva Filho, responsável pela palestra de abertura, o nexo de causalidade procura descobrir quais condutas, tanto positivas assim como negativas, deram causa ao acidente. Pois na hora de exigir uma compensação por acidente de trabalho, solicitar aposentadoria adiantada, entre outras coisas, é preciso que a defesa do nexo causal seja coerente com o pedido.

“O nexo causal irá orientar as ações para que o juiz possa tomar uma decisão baseada em premissas e efeitos decorrentes. Também é possível admitir o nexo concausal, ou seja, quando diversas causas competem com a causa principal para a ocorrência do fato. Elas podem preceder, suceder ou ocorrer ao mesmo tempo que a causa principal. Com frequência, a Justiça do Trabalho tem determinado o pagamento de indenizações, com o fundamento da existência da concausa”, informou o médico.

Segundo ele, ainda existe um terceiro caso a observar, quando um trabalhador desenvolve uma doença em decorrência do exercício da sua função. “Se ele não tivesse efetuado o trabalho, jamais teria a doença. Vale ressaltar ainda os transtornos mentais e do comportamento relacionados ao trabalho que resultam não de fatores isolados, mas de contextos de trabalho em interação com o corpo e aparato psíquico dos trabalhadores”.

Na ocasião, Robson José da Silva, gerente executivo de valorização de pessoas da Sesau, destacou o evento no calendário das unidades de saúde de Alagoas. “A conscientização dos problemas, a sensibilização dos profissionais e as soluções precisam ser debatidas. Esta semana traz orientações fundamentais aos profissionais da Saúde”, comentou, ressaltando o interesse da Sesau em promover um ambiente de trabalho seguro aos profissionais da assistência hospitalar.

Eleide Batista, presidente da comissão interna de prevenção de acidentes de trabalho (Cipa), parabenizou os responsáveis pela organização e ressaltou a relevância da Sipat nas unidades de saúde.

Também presente ao evento, Nayara Calheiros, coordenadora de Gestão de Saúde e Segurança do Servidor da Sesau e responsável pelo Núcleo de Atenção à Saúde do Servidor (NASS), ressaltou o cuidado com os profissionais no ambiente profissional e lembrou os serviços disponíveis no NASS para os profissionais. Que incluem desde consultas com profissionais clínicos, dermatologistas, endocrinologistas, psicólogos, entre outros, a exames de imagem.

relacionadas

CIB