SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Sesau promove oficina sobre o Bolsa Família na Saúde

Imprimir esta Notícia

Repórter: Fabiano Di Pace

Repórter fotográfica: Carla Cleto

Um encontro de atualização do sistema do Programa Bolsa Família, diz supervisora Nelita Rodrigues

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) realizou, na manhã desta sexta-feira (8), uma Oficina Estadual sobre o Programa Bolsa Família na Saúde. O evento aconteceu no auditório do Conselho Regional de Psicologia, no bairro do Pinheiro, em Maceió, com participação de representantes do Ministério da Saúde e dos municípios alagoanos.

Nelita Rodrigues, supervisora de Educação e Promoção da Saúde na Sesau, disse que a finalidade da oficina foi disseminar conhecimentos sobre plataforma e-Gestor AB – Sistema Bolsa Família.

“É essencial que todos estejam a par da atualização tecnológica do Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde (Sistema BFA) que é disponibilizado pela plataforma e-gestor Atenção Básica. Com essas informações amplia-se a acuidade dos dados que são utilizado, não apenas para validade social do programa como também para a elaboração de políticas públicas de saúde”, explicou Nelita.

Na avaliação da supervisora, a oficina é de grande importância para os técnicos que utilizam o e-Gestor AB, já que ele é uma plataforma WEB para centralização dos acessos e perfis dos sistemas da Atenção Básica, bem como um aglutinador de informações próprias para os gestores municipais e estaduais.

Segundo ela, os participantes puderam sanar suas dúvidas com os técnicos do Ministério da Saúde. Um dos enfoques lembrados foi a necessidade de aliar a saúde à educação e à assistência social, que são os pilares do programa e precisam ser observados por todos.

Bolsa Família

O Programa Bolsa Família foi criado em outubro de 2003 e convertido em lei em 9 de janeiro de 2004, pela Lei federal nº 10.836, que unificou e ampliou os programas que haviam, destinados a transferência de renda. E, é destinado á famílias pobres ou que vivem em extrema pobreza, promovendo o acesso aos direitos sociais básicos.

relacionadas

CIB