SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Projeto do MS para consolidar Rede de Emergências chega ao Lacen

Imprimir esta Notícia

Repórter: Josenildo Törres
Repórter Fotográfico: Olival Santos

Fortalecer a Rede de Laboratórios de Saúde Pública para atendimento a emergências em saúde pública. Com este objetivo, técnicos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), órgão vinculado ao Ministério da Saúde (MS), realizaram oficina com técnicos do Laboratório Central de Alagoas (Lacen/AL) e da Vigilância Epidemiológica.

Durante a oficina, os técnicos da Fiocruz realizaram uma visita às instalações dos diversos laboratórios que integram o Lacen/AL. A ação percorreu todo o fluxo laboratorial, desde a recepção e coleta de amostras para exames, passando pela Microbiologia, Entomologia, Biologia Molecular e Sorologia, dentre outros setores.

A ação, segundo Márcio Garcia, representou mais uma etapa do
Plano de Enfrentamento de Emergências em Saúde Pública, no âmbito da Coordenação Geral da Rede de Laboratórios Públicos (CGLAB) do Ministério da Saúde (MS), com diagnóstico dos laboratórios estaduais e proposição de encaminhamentos voltados à qualificação do Lacen/AL para enfrentamento de tais eventos.

Presente à inspeção, a superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, Cristina Rocha, destacou que o projeto engloba todos os laboratórios centrais brasileiros e que o intuito do Ministério da Saúde é verificar as áreas que podem qualificar, ainda mais, o nível de excelência e qualidade dos serviços prestados à população. “O Lacen/AL faz vigilância laboratorial trabalhando em perfeita articulação com a vigilância epidemiológica, sanitária e saúde ambiental, coordenando a rede estadual de laboratórios de interesse em saúde pública”, ressaltou.

relacionadas

CIB