Campanha orienta sobre a importância de lavar as mãos corretamente

A lavagem das mãos favorece a proteção contra essas doenças e reduz o risco de infecção hospitalar, um problema sério nas unidades de saúde.
Foto: Raul Plácido
Campanha orienta sobre a importância de lavar as mãos corretamente
A campanha marca o dia mundial de lavagem das mãos, instituído em 15 de outubro pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).
Repórter:
Neide Brandão

Lavar as mãos como forma de controlar infecções no ambiente hospitalar é o objetivo do Hospital Geral do Estado (HGE) ao iniciar nessa segunda-feira (17) uma campanha para conscientizar os profissionais sobre a importância da higienização das mãos. A campanha marca o dia mundial de lavagem das mãos, instituído em 15 de outubro pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Na ocasião, enfermeiras do Serviço de Gestão de Pessoas e Seção de Saúde Ocupacional percorreram a unidade hospitalar orientando sobre a forma correta de lavar as mãos e distribuindo sabonetes líquidos. Também foi realizada uma dinâmica com os profissionais com a utilização de tinta guache.

Anienne Barbosa, médica da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), explicou que as mãos constituem uma das principais vias de transmissão de microorganismos, doenças como hepatite A, diarreias, meningite, além de infecções respiratórias e bactérias multirresistentes que podem ser transmitidas através do contato.

Segundo a médica, a lavagem das mãos favorece a proteção contra essas doenças e reduz o risco de infecção hospitalar, um problema sério nas unidades de saúde.

"É um ato extremamente simples e eficaz. Uma expressiva parcela de infecções hospitalares é resultado da transmissão de microorganismos pelas mãos dos profissionais de saúde, a chamada transmissão cruzada. Estudos comprovam que o hábito de lavar as mãos diminui em mais de 90% as contaminações por bactérias. O álcool em gel também pode ser utilizado  quando as mãos não apresentam sujidade ”, ressaltou.

As enfermeiras Rosangela Cavalcante e Janine Melo destacaram a forma correta de lavar as mãos. De acordo com elas, 15 a 30 segundos são suficientes para uma correta lavagem, que deve ser feita apenas com água e sabão.

“É necessário friccionar as mãos entre si, não esquecendo cada dedo individualmente. As unhas também devem ser observadas, é só fechar a mão em concha e friccioná-las na outra, repetindo a ação em cada mão. Os punhos não devem ser esquecidos jamais. Lavar as mãos precisa ser um hábito na vida das pessoas, algo que se aprenda desde criança, e precisa ser feito antes e após qualquer procedimento, em seguida ao uso do sanitário, antes e depois das refeições, posteriormente a qualquer trabalho de limpeza e sempre que se perceba a necessidade”, alertou Rosangela.



Fonte: Ascom / HGE


Outras Imagens

Campanha orienta sobre a importância de lavar as mãos corretamente
Campanha orienta sobre a importância de lavar as mãos corretamente
Campanha orienta sobre a importância de lavar as mãos corretamente
Campanha orienta sobre a importância de lavar as mãos corretamente