SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

Intervisa

A construção do Sistema Estadual de Informação em Vigilância Sanitária de Alagoas (INTERVISA) baseia-se na verificação de que a gestão ineficaz de informações é um problema que afeta direta e historicamente o planejamento estratégico e as ações da Vigilância Sanitária – VISA.

Os itens que seguem irão trazer algumas informações adicionais sobre o INTERVISA:

1. Breve histórico

A Vigilância Sanitária de Alagoas, desde 2005, utilizou o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (Sinavisa), porém, tendo em vista o crescimento do escopo de ações e complexidade, o Sinavisa começou a não mais responder às reais necessidades, o caminho escolhido foi desenvolver uma ferramenta própria. Que pudesse ser customizada e adequada às necessidades da VISA em Alagoas.

2. Funcionalidades básicas

O Intervisa, que é um sistema de informação para web voltado para o gerenciamento de informação em Vigilância Sanitária, no âmbito do estado de Alagoas. Sendo utilizado tanto pela Gerência de Vigilância Sanitária Estadual como pelas cento e duas (102) Vigilâncias Sanitárias Municipais. Com implantação na GVISA Alagoas prevista para em fevereiro de 2017, o Intervisa contará com os seguintes módulos:

  • Gestão de permissão de usuários (com perfis pré-definidos e configuráveis);
  • Gestão de atividades econômicas e valores (para taxas);
  • Cadastro de estabelecimentos sujeitos à ação de Vigilância Sanitária;
  • Captação e gerenciamento de denúncias sanitárias (recebidas por meio de formulário eletrônico);
  • Abertura de processo de solicitação de inspeção ou reinspeção sanitária;
  • Agendamento de inspeção sanitária, como sistema intuitivo de gerenciamento;
  • Gerenciamento de informações de inspeções sanitárias;
  • Emissão de alvará sanitário;
  • Relatórios gerenciais.

3. Uso racional de papel e eliminação de extravio de processos físicos

Comparando a gestão de processos, entre o Sinavisa e o Intervisa, as solicitações que antes tramitavam entre as áreas por meio de processos físicos, passa serem gerenciadas digitalmente, minimizando a utilização de papel e o extravio de documentos.

Documentos emitidos por sistema:

  • No Sinavisa são emitidos – requerimento, boleto de pagamento, ordem de serviço, relatório de inspeção e alvará sanitário (duas vias). Em um total de 7 folhas por processo.
  • No Intervisa são emitidos – comprovante de abertura de processo (solicitação de alvará inicial ou renovação) e alvará sanitário. Em um total de 2 folhas por processo.

4. Simplificação de operacionalização

Tendo em vista que INTERVISA é uma ferramenta de gestão estadual, um dos princípios de desenvolvimento foi o de simplificar ao máximo a operacionalização do mesmo, justamente para reduzir a curva de aprendizado da ferramenta, para usuários com os mais variados níveis de conhecimento no manuseio de computadores.

5. Modo descentralizado de gestão de informações

No INTERVISA cada município possui autonomia na gestão de dados dos estabelecimentos sob sua responsabilidade, não sendo possível a visualização de dados de inspeções de outros municípios.

6. Ferramenta participativa

A proposta é fazer a construção conjunta do sistema, com base nas necessidades de atores envolvidos na utilização, que são as Vigilâncias Sanitárias Municipais e a Estadual. De modo a construir e consolidar  uma solução de gestão da informação no estado.

7. Manual de usuários

Para acesso ao manual de usuário do sistema CLIQUE AQUI.

7.1. Como acessar o Intervisa

Para acesso ao tutorial de acesso CLIQUE AQUI.

8. Material de apoio para gestores do sistema

Para acesso aos tutoriais de configurações do sistema CLIQUE AQUI.

 

 


CIB