Secretaria de Estado
da Saúde

Secretaria de Estado da Saúde
Anterior
Próximo

Atenção às Vítimas de Violência Sexual

A Rede de Atenção às Vítimas de Violência Sexual (RAVVS) da Secretaria de Estado da Saúde (SESAU) foi instituída no estado através da Portaria/SESAU nº. 2.814, de 30 de julho de 2018 (atualizada pela Portaria/SESAU n. 5.857, de 28 de setembro de 2020).

Trata-se da Rede mais nova do Estado, sendo organizada com o objetivo de estruturar, de forma descentralizada, uma rede intra e intersetorial, agregando serviços voltados ao acolhimento e atendimento integral e humanizado às vítimas de violência sexual, envolvendo as áreas de saúde, assistência social, segurança pública, justiça e entidades da sociedade civil.

Coordenação

Camille Lemos Cavalcanti Wanderley é Mestre em Ensino na Saúde pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL, 2017), Especialista em Gestão do Trabalho e Educação em Saúde (UFAL, 2008), Graduada em Psicologia com Licenciatura Plena pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió (CESMAC, 1999). Docente do Curso de Psicologia da Universidade Tiradentes (UNIT). Pertence ao quadro de servidores efetivos da Secretaria de Estado da Saúde (SESAU) desde 2006, atualmente Coordenadora da Rede de Atenção às Vítimas de Violência Sexual (RAVVS).

Missão

Promover enfrentamento e atenção integral e humanizada às pessoas em situação de violência sexual em todos os ciclos da vida, independente de gênero.

Visão

Ser referência no nordeste até 2022, em enfrentamento e atenção integral e humanizada às pessoas vítimas de violência sexual de forma descentralizada.

Valores

  • Profissionalismo;
  • Inovação;
  • Transparência;
  • Compaixão; e
  • Autocuidado.

Sobre a RAVVS

Com a inauguração do Hospital da Mulher Drª Nise da Silveira (HMNS), em setembro de 2019, a RAVVS passou a ser sediada nesta unidade de saúde (sétimo andar). Vale salientar que a Área Lilás (térreo) do HMNS foi estruturada para ser referência no atendimento às vítimas de violência sexual do sexo masculino até 12 anos e mulheres de qualquer faixa etária, sendo uma das bases assistenciais da RAVVS (ALAGOAS, 2020; SESAU, 2020).

A Área Lilás do HMNS conta com uma equipe composta por psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros, ginecologistas, pediatras, médicos peritos e policiais civis. O ambiente possui recepção própria, espaço de acolhimento à família, consultórios, leitos de observação, espaço do chá, árvore da esperança e fraldário. Para as vítimas são disponibilizados serviços de profilaxia das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e do Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV), anticoncepção de emergência, exames laboratoriais, coleta de vestígio, aborto previsto em lei, boletim de ocorrência, assessoria jurídica, grupos de apoio e acompanhamento médico e psicossocial por até seis meses após a violência. (ALAGOAS, 2020).

A RAVVS conta com mais três pontos de referência em unidades de alta complexidade, a saber: Hospital Geral do Estado (situado na capital alagoana, acolhe pacientes do sexo feminino até 12 anos e homens de qualquer faixa etária), Hospital Ib Gatto Falcão (localizado em Rio Largo, acolhe todas as vitimas que procuram esta unidade) e Hospital de Emergência do Dr. Daniel Houly (localizado em Arapiraca, acolhe as vítimas dos 46 municípios do Agreste, Sertão e Baixo São Francisco) (ALAGOAS, 2020).

As atribuições da Coordenação da RAVVS são:

  • Coordenar o Núcleo de Ações Estratégicas, Núcleo de Gestão de Pessoas e Núcleo de Atenção às Vítimas e Família;
  • Liderar, sob a supervisão da Gerência de Ações Estratégicas (GAEST/SESAU) as ações de violência à sexual na Secretaria de Estado da Saúde (SESAU);
  • Planejar, executar, monitorar e avaliar as ações relativas ao enfrentamento da violência sexual na SESAU;
  • Alocar recursos financeiros e orçamentários (em instrumentos de planejamento da SESAU) para execução de ações voltadas ao combate à violência sexual e atenção as vítimas e familiares;
  • Participar de eventos educativos que contemplem a temática da violência sexual, promovidos pelas três esferas de governo e que demande a representatividade da SESAU neste contexto;
  • Incentivar o desenvolvimento de projetos voltados à temática da violência sexual;
  • Estimular o desenvolvimento e/ou implementação de sistemas de informação que permitam a otimização dos trabalhos, auxiliem na tomada de decisão, contribuam para o estreitamento da comunicação entre a gestão da RAVVS e suas unidades setoriais, bem como no fortalecimento da assistência;
  • Compor as comissões, grupos de trabalho, câmaras técnicas e mesas de negociação que tenham o enfoque na violência sexual;
  • Instigar o assessoramento técnico aos municípios (atenção primária à saúde) quanto ao combate à violência sexual e atendimento às vítimas e familiares;
  • Estimular o assessoramento técnico às unidades de referência da RAVVS;
  • Agenciar a articulação, cooperação técnica e intercâmbio de experiências e informações entre as instituições que integram o sistema de garantia de direitos às vítimas de violência sexual;
  • Coordenar, planejar, acompanhar, executar e avaliar ações focadas na promoção e reestabelecimento da saúde, no controle e/ou solução de situações que geram risco à saúde, assim como na identificação do perfil produtivo e epidemiológico dos trabalhadores da RAVVS;
  • Estimular a parcerias entre RAVVS e entidades públicas e privadas para execução de ações em prol ao combate da violência sexual;
  • Receber, analisar, monitorar e dar retorno às demandas advindas do Gabinete da SESAU;
  • Realizar entrevista com propensos colaboradores (nível central);
  • Realizar Avaliação de Desempenho dos colaboradores da RAVVS (nível central);
  • Exercer outras atribuições correlatas.

Para acessar o organograma RAVVS, clique aqui.

Áreas Técnicas

Clique no nome da área para acessar suas informações.

Rede de Apoio Intersetorial

Hospitais de Referência no Atendimento às Vítimas de Violência Sexual

Hospital Geral do Estado Prof. Osvaldo Brandão Vilela - Maceió/AL(82) 3315-3281
Leia mais
Público atendido: 0 - 12 anos / + de 13 anos.
Hospital da Mulher Nise da Silveira - Maceió/AL(82) 3315-1393
Leia mais
Público atendido: 0 - 12 anos / + de 13 anos.
Hospital Ib Gatto Falcão - Maceió/AL(82) 3261-2414
Leia mais
Público atendido: Vítimas de qualquer sexo e idade.
Hospital de Emergência Daniel Houly - Arapiraca/AL(82) 3539-8634
Leia mais
Público atendido: Vítimas de qualquer sexo e idade.

Aplicativo Fica Bem

O aplicativo “Fica Bem” é um instrumento que visa auxiliar vítimas de violência sexual para denunciarem os abusos. Com ele a vítima poderá entrar em contato com a Secretaria de Estado da Segurança Pública e a Rede de Atenção às Vítimas de Violência Sexual de Alagoas (RAVVS/SESAU), além de obter informações sobre as unidades de saúde que realizam os atendimentos. Por enquanto o aplicativo está disponível apenas para smartphones com a funcionalidade Android, futuramente, poderá ser acessado pelo sistema operacional iOS.

Após baixar o aplicativo o usuário precisa realizar o cadastro. Baixe agora o aplicativo, clique aqui.

I Fórum Regional – O Nordeste Tecendo a Rede de Enfrentamento à Violência Sexual - 2021

Vídeos

Compromissos e eventos

Confira a agenda de compromissos e eventos da Rede de Atenção às Vítimas de Violência Sexual.
Confira a agenda de compromissos e eventos da Rede de Atenção às Vítimas de Violência Sexual.
junho 2022
domsegterquaquisexsáb
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
1
2
Legenda:
Agenda sem compromisso(s).

Lista de compromissos e eventos:

Agenda sem compromisso(s).

Contato e localização

Avenida Comendador Leão, 1213 – Poço. CEP: 57025-000. Contato: (82) 3315-1393.

Saúde

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Av. da Paz, 978 – Jaraguá, Maceió – AL, 57022-050.
+55 82 3315-1102
Desenvolvido pela Gerência Executiva de Tecnologia da Informação
Governo do Estado de Alagoas ©2020-2022

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Menu

Mídias Sociais