Secretaria de Estado
da Saúde

Secretaria de Estado da Saúde
Pesquisar
Close this search box.

Hemoal do Trapiche vai funcionar até às 16h nesta quarta (12) para realizar manutenção predial

Repórter: Josenildo Törres

epórter Fotográfica:

Repórter Fotográfica: Carla Cleto

Unidade Trapiche do Hemoal Maceió vai passar por manutenção preventiva nesta quarta (12)

Para realizar manutenção predial e elétrica, a Unidade Trapiche do Hemocentro de Alagoas (Hemoal), em Maceió, funcionará para coleta de sangue até às 16h desta quarta-feira (12). Contudo, os candidatos à doação de sangue podem se dirigir à Unidade Via Expressa, ao lado do Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), que permanecerá com atendimento normal até às 18h.

A manutenção predial e elétrica é uma medida prevista no Plano de Contingência do Hemoal, que atua preventivamente para evitar um evento adverso que possa comprometer o funcionamento do órgão por várias horas ou dias. Conforme o supervisor administrativo do Hemoal, Ronaldo do Carmo, os técnicos do Núcleo de Manutenção atuam periodicamente para sanar qualquer problema antes que ocorra um agravamento da situação.

 “Por ser um serviço de urgência e emergência, o Hemoal funciona de domingo a domingo, 24 horas por dia. Desse modo, as manutenções podem ocorrer, inclusive, durante os dias úteis, por pequenos períodos, evitando que seja necessário realizar uma paralisação do atendimento durante um turno inteiro ou por mais de um dia”, explicou Ronaldo do Carmo.

Critérios para doação

A gerente do Hemoal, médica Verônica Guedes, lembra aos doadores que irão comparecer à Unidade Trapiche até às 16 horas desta quarta-feira (12), que há critérios pré-estabelecidos para se candidatar à doação voluntária de sangue. “Conforme portaria do Ministério da Saúde [MS], além de ter idade entre 16 e 69 anos, no mínimo 50 quilos e portar um documento de identificação com foto, os voluntários devem estar bem de saúde, alimentados e usando máscara”, salientou.

Verônica Guedes ressaltou que os candidatos à doação de sangue não podem ter contraído doença de chagas, aids, sífilis e hepatite após os 11 anos. “Já no caso das gestantes e lactantes, não é permitida a doação e, quanto aos doadores que irão repetir o procedimento, deve ser respeitado um intervalo de dois meses no caso dos homens e três com relação às mulheres”, informou.

Com relação aos voluntários que estejam resfriados, gripados ou com Covid-19, há impedimento de doar sangue pelo período de 10 dias, contados após a recuperação. “Caso os candidatos tiveram apenas contato com pessoas infectadas e, nos sete dias subsequentes, não apresentaram sintomas, estão liberados”, pontuou a gerente do Hemoal.

Atualizada em:

Leia também

Saúde

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Av. da Paz, 978 – Jaraguá, Maceió – AL, 57022-050.
+55 82 3315-1102
Desenvolvido pela Gerência Executiva de Tecnologia da Informação
Governo do Estado de Alagoas ©2020-2022

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Menu

Mídias Sociais