Secretaria de Estado
da Saúde

Secretaria de Estado da Saúde
Pesquisar
Close this search box.

Maio Amarelo: Sesau gasta quase R$ 3,5 milhões com internações de vítimas de acidentes de trânsito

[print-me target=”#titulo_post, #metadados_post, #texto_post, #rodape_site” /]

Repórter: Daniel Tavares
Repórter Fotográfica: Carla Cleto

No ano passado aSesau gastou quaseR$3,5 milhões para tratar 2.526 pessoas internadas na Rede Pública de Saúde Estadual em razão de acidentes de trânsito

Em pleno Maio Amarelo, mês dedicado ao movimento internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito, a Secretária de Estado da Saúde (Sesau) divulgou um dado preocupante. Em todo o ano passado, Alagoas gastou R$ 3.481.633,57 para tratar 2.526 vítimas de acidentes de trânsito internadas na Rede Pública de Saúde Estadual, de acordo com estatísticas do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH/SUS). 

Recursos que, segundo técnicos da Sesau, poderiam ser economizados e investidos na ampliação de serviços de saúde, uma vez que os acidentes de trânsito, em sua maioria, são evitáveis. Isso porque, conforme o relato dos próprios pacientes internados, a quase totalidade dos acidentes são causados devido à imprudência no trânsito, decorrente do desrespeito às normas do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). 

A gerente de doenças não transmissíveis da Sesau, Rita Murta, explica que os altos custos das internações de vítimas de acidentes de trânsito se devem ao longo tempo de internação e aos procedimentos caros e complexos para o tratamento

Por isso, segundo a gerente de Vigilância e Controle de Doenças não Transmissíveis da Sesau, Rita Murta, a elevação na quantidade de acidentes de trânsito impacta diretamente na Rede Pública de Saúde Estadual, que atende os feridos nas unidades hospitalares. Além dos custos de tratamento, muitas vítimas ficam com graves sequelas, necessitando de acompanhamento pelo resto da vida.

Os sinistros graves também causam centenas de mortes em Alagoas anualmente, o que reforça a necessidade de uma conscientização da população para a segurança viária. “É muito triste quando vemos pessoas internadas na UTI [Unidade de Terapia Intensiva] após sofrerem acidentes de trânsito. Quem nunca viu alguém dirigindo alcoolizado, falando ao celular, furando o sinal vermelho ou fazendo ultrapassagens proibidas? São situações que provocam acidentes e podem ser evitadas”, enfatiza Rita Murta.

Os acidentes de trânsito, em sua maioria, ocorrem por imprudência, como dirigir alcoolizado, falando ao celular, furando o sinal vermelho ou fazendo ultrapassagens proibidas

Comparação

Para efeito de comparação, a Rede Pública de Saúde Estadual registrou 1.714 internações de vítimas de acidentes de trânsito durante 2022, que resultaram em um gasto de cerca de R$ 2 milhões para os cofres públicos, conforme indicam os dados do SIH/SUS. Ou seja, houve um aumento de 47.37% no número de pessoas hospitalizadas em Alagoas no ano de 2023, o que gerou uma elevação 74% nos custos para a máquina pública no mesmo ano. 

Rita Murta explica que a diferença no aumento dos custos na comparação com a quantidade de internações se deve à necessidade de procedimentos mais caros e complexos para assegurar o tratamento adequado às vítimas. “Quanto mais acidentes graves são registrados, mais tempo as pessoas precisam ficar no hospital, o que aumenta também os gastos. Existem casos de pacientes que chegam a permanecer internadas por vários meses”, ressalta. 

Os quase R$ 3,5 milhões gastos para tratar vítimas de acidentes de trânsito poderiam ser economizados, uma vez que este tipo de ocorrência pode ser evitada se as leis de trânsito forem respeitadas

Na busca por reduzir os índices de acidentes no Estado, a Sesau participa de ações da Campanha Maio Amarelo, em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL), mas, Rita Murta frisa que é necessária a colaboração de todos. “O trânsito é formado por um coletivo de pessoas e precisamos entender que as regras existem por um motivo, que é garantir a segurança viária. Por isso, motoristas, motociclistas e pedestres têm que segui-las para que a violência no trânsito seja reduzida”, finalizou.

Atualizada em:

Leia também

Saúde

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Av. da Paz, 978 – Jaraguá, Maceió – AL, 57022-050.
+55 82 3315-1102
Desenvolvido pela Gerência Executiva de Tecnologia da Informação
Governo do Estado de Alagoas ©2020-2022

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Menu

Mídias Sociais