Secretaria de Estado
da Saúde

Secretaria de Estado da Saúde
Pesquisar
Close this search box.

Nutricionista do HGE alerta para a importância de ingerir a quantidade certa de água

[print-me target=”#titulo_post, #metadados_post, #texto_post, #rodape_site” /]

Repórter: Neide Brandão
Repórter Fotográfica: Carla Cleto

A quantidade de água a ser consumida por dia está relacionada ao peso

Recurso essencial para a sobrevivência de todos os seres vivos, a água traz inúmeros benefícios à saúde, desde sua ingestão à higienização correta, prevenindo e controlando a disseminação de infecções. Diante da importância para a sobrevivência e da necessidade urgente de manter esse recurso disponível, surgiu o Dia Mundial da Água, comemorado nesta quarta-feira (22). Mas, você sabe a quantidade de água que deve ser ingerida para cada quilo de peso corporal? Segundo a nutricionista do Hospital Geral do Estado (HGE), Laudeane Oliveira, é necessário ingerir 35 ml de água para cada quilo de peso corporal.

De acordo com a especialista, para se chegar ao quantitativo exato de água que cada pessoa deve consumir diariamente, basta fazer uma conta matemática muito simples. “Considerando que são necessários 35 ml de água para cada quilo de peso corporal, multiplica-se o peso em quilo por 35 para obter o resultado em ml. Essa será a quantidade ideal individualizada, de acordo com o peso de cada pessoa. Por exemplo, se o peso do indivíduo é 60 quilos, a conta fica assim 60 X 35 = 2.100 ml ou 2 litros e 100 ml”, detalhou, ao acrescentar que “mais de 70% do corpo humano é composto por água e que ela ajuda a hidratar, transportar nutrientes até as células, além de auxiliar na eliminação de toxinas do corpo através do suor e da urina”.

Como sugestão para aqueles que não são muitos adeptos à ingestão de água, Laudeane Oliveira recomendou fazer uma atividade física que, naturalmente, induzirá à sede. “Também é interessante ter sempre uma garrafinha de água por perto, no ambiente profissional, por exemplo. Além de acrescentar o uso de sucos, água de coco e frutas mais úmidas como melancia, laranja e melão”, sugeriu a especialista, ajudando às pessoas que não gostam de tomar água, ignoram a sua importância ou até esquecem de cultivar este hábito imprescindível para manter a saúde corporal.

Lavar sempre as mãos é uma medida de prevenção imprescindível para evitar infecções e doenças como a Covid-19

Lavagem das Mãos

Mas além de ser imprescindível para o equilíbrio do corpo, a água é fundamental para assegurar a higiene corporal, principalmente quando se trata de lavar as mãos. Hábito fundamental para prevenir várias enfermidades, a exemplo da Influenza e da Covid-19, conforme explicou a infectologista do HGE, Angélica Novaes.

Segundo ela, as mãos constituem a principal via de transmissão de micro-organismos e a lavagem delas com água e sabão é extremamente eficaz para a prevenção e controle da disseminação de infecções. “É importante higienizar as mãos sempre que houver sujidade visível, além de quando entrar em contato com superfícies possivelmente contaminadas, após o uso do banheiro, antes das refeições e antes de entrar em contato com as mucosas da boca, nariz e olho”, orientou Angélica Novaes.

Ainda de acordo com a infectologista do HGE, no ambiente hospitalar os profissionais de saúde devem higienizar as mãos antes e após contato com o paciente. “Esse processo deve ocorrer antes de realizar procedimentos limpos e assépticos, após o risco de exposição de fluidos corporais e após tocar superfícies próximas ao paciente”, completou a especialista, ao ressaltar que o Dia Mundial da Água foi criado em 1992 pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Água é Vida

Conforme explicitou Rodrigo Fragoso, engenheiro do HGE, a presença da água é essencial para a vida no planeta. “Cuidar das fontes de água é, portanto, uma ação fundamental para garantir nossa sobrevivência e a de todas as formas de vida”, atestou.

A água é um recurso natural limitado e sua disponibilidade pode variar em função de diversos fatores, como o clima, o uso inadequado e o desperdício, segundo classificou o engenheiro. “Por isso, é importante que todos façam sua parte para preservá-la e adotem práticas sustentáveis, como a reutilização da água da chuva, o uso racional nos processos industriais e a redução do consumo em atividades cotidianas. É preciso lembrar que cada gota de água conta e que a preservação desse recurso é uma responsabilidade de todos nós”, alertou o especialista.

Além disso, de acordo com o engenheiro do HGE, é necessário conscientizar a população sobre a importância da preservação dos recursos hídricos, com campanhas educativas e ações de sensibilização. “A conservação da água deve ser uma prioridade das políticas públicas, com investimentos em saneamento básico, tratamento de esgoto e gestão eficiente dos recursos hídricos. Somente assim será possível garantir um futuro sustentável para as próximas gerações e para o planeta como um todo”.

Atualizada em:

Leia também

Saúde

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Av. da Paz, 978 – Jaraguá, Maceió – AL, 57022-050.
+55 82 3315-1102
Desenvolvido pela Gerência Executiva de Tecnologia da Informação
Governo do Estado de Alagoas ©2020-2022

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Menu

Mídias Sociais