Secretaria de Estado
da Saúde

Secretaria de Estado da Saúde
Pesquisar
Close this search box.

Pediatra da Sesau alerta aos pais sobre a prevenção da bronquiolite em crianças

[print-me target=”#titulo_post, #metadados_post, #texto_post, #rodape_site” /]

Repórter: Suely Melo
Repórteres Fotográficos: Carla Cleto e Olival Santos

Internações por bronquiolite têm crescido em Alagoas

A circulação do Vírus Sincicial Respiratório (VSR), que provoca infecções nas vias respiratórias e pulmões, causando bronquiolite, principalmente em recém-nascidos e crianças pequenas, tem crescido em Alagoas, aumentando as internações pela doença no estado. Diante desta situação, a pediatra e neonatologista da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Sirmani Frazão, faz um alerta aos pais para a prevenção, principalmente, da bronquiolite em bebês.

Sirmani, que faz parte da Supervisão de Cuidados à Saúde da Criança e do Adolescente da Sesau, salienta que a prevenção e diagnóstico precoce da doença é importante para que os casos graves sejam evitados. Ela faz um alerta aos pais para que, ao identificar qualquer desconforto respiratório e gripe em bebês, é necessário encaminhar a criança para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

 Pediatra Sirmani Frazão alerta pais para a prevenção da doença

A principal forma de prevenir a transmissão do VSR é evitando o contato ou exposição da criança com uma pessoa já contaminada. Ainda conforme a pediatra, é necessário reforçar os cuidados básicos de higiene, como lavagem frequente das mãos com água e sabão, além de limpar os objetos que podem estar contaminados, como brinquedos.

“Quero alertar a população sobre os casos de bronquiolite que vêm acontecendo no Estado. A bronquiolite é causada pelo vírus sincicial respiratório, que nos bebês abaixo dos seis meses acontece de uma forma mais grave. Nas crianças maiores e nos adultos é aquela gripe que há mais secreção, mas que também é um potente transmissor”, frisou Sirmani Frazão.

Ainda de acordo com ela, o primeiro alerta é evitar visitas ao bebê assim que ele nasce, lavar bem as mãos antes de tocar nele e limpar as superfícies com álcool a 70%. “Se algum cuidador estiver resfriado, é necessário usar máscaras, e se tiver crianças menores que estiverem resfriadas, evitar o contato mais próximo, além das aglomerações, bem como, resguardar o bebê e a mãe em casa”.

A Bronquiolite é grave e pode levar à internação e à morte

Sintomas

Os sintomas da doença são muito parecidos com os de um resfriado. De acordo com o Ministério da Saúde, os mais comuns são febre baixa, dor de garganta e de cabeça e nariz escorrendo. “Esse ano em Alagoas os casos de bronquiolite aumentaram e, por isso, a prevenção é a melhor saída”, afirma a médica pediatra.

Atualizada em:

Leia também

Saúde

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Av. da Paz, 978 – Jaraguá, Maceió – AL, 57022-050.
+55 82 3315-1102
Desenvolvido pela Gerência Executiva de Tecnologia da Informação
Governo do Estado de Alagoas ©2020-2022

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Menu

Mídias Sociais