Secretaria de Estado
da Saúde

Secretaria de Estado da Saúde
Pesquisar
Close this search box.

Samu Alagoas realiza mais de 900 atendimentos cardiológicos no primeiro semestre deste ano

[print-me target=”#titulo_post, #metadados_post, #texto_post, #rodape_site” /]

Repórter: Arnaldo Santtos
Repórter Fotográfica: Carla Cleto

Samu é referência na assistência a usuários com problemas cardiorespiratórios

Referência na assistência a usuários que necessitam de socorro cardiológico, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu, no primeiro semestre deste ano, 928 pessoas que apresentaram problemas cardiorrespiratórios. Os dados, referentes a Alagoas, foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) nesta segunda-feira (14), data em que é celebrado o Dia do Cardiologista.

Do total de usuários com problemas cardiorrespiratórios socorridos pelo Samu Alagoas, de janeiro a junho deste ano, 407 foram atendidos pela Central Maceió e 521 pela Central Arapiraca. No mesmo período do ano passado foram 956 pessoas assistidas, sendo 440 pelo serviço gerenciado pela capital e 516 pelo do interior.

Por meio da assistência prestada pelo Samu Alagoas, muitas vidas são salvas, uma vez que, no caso das doenças cardiorrespiratórias, a assistência em caráter de urgência, de forma ágil e em tempo oportuno, faz a diferença. Isso ocorre, principalmente, se o usuário tiver sofrido um infarto agudo do miocárdio, por exemplo, segundo destaca o coordenador do Samu Maceió, médico Jhonat Silva.

“Por ser um atendimento especializado, com profissionais altamente treinados e que contam com equipamentos adequados, a assistência prestada pelo Samu é fundamental e faz toda a diferença para os usuários. Por isso, é importante que a pessoa que fizer a ligação telefônica esteja próxima à vítima e repasse os detalhes da situação da pessoa”, salientou o coordenador do Samu Maceió.

Outros Dados

Ainda de acordo com dados divulgados pela Sesau, o Samu Alagoas prestou socorros a 699 pessoas que sofreram Acidente Vascular Encefálico (AVE) ou derrame cerebral, como é mais conhecido pela população. Deste total, 458 atendimentos foram realizados pela Central e 241 pela Central de Arapiraca.

No mesmo período do ano passado foram contabilizados 798 atendimentos, segundo o Núcleo de Estatísticas da Sesau. Pela Central do interior foram assistidos 354 usuários e 444 pelo serviço da capital.

Para o secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, os dados apresentados nesta segunda comprovam a importância do Samu no âmbito da assistência pré-hospitalar móvel. “Seja onde as pessoas estiverem, o Samu vai até o local, por terra ou pelo ar. É um serviço importante para a saúde e que evita muitas mortes e sequelas, porque atua com eficiência e agilidade”, ressaltou o gestor.

Atualizada em:

Leia também

Saúde

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Av. da Paz, 978 – Jaraguá, Maceió – AL, 57022-050.
+55 82 3315-1102
Desenvolvido pela Gerência Executiva de Tecnologia da Informação
Governo do Estado de Alagoas ©2020-2022

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Menu

Mídias Sociais