Secretaria de Estado
da Saúde

Secretaria de Estado da Saúde
Pesquisar
Close this search box.

Samu atualiza conhecimentos dos profissionais da Base Descentralizada de Rio Largo

Repórter: Arnaldo Santtos
Repórter Fotográfico: Arnaldo Santtos

Treinamento para técnicos da Base de Rio Largo foi promovido por instrutores do NEP da Central Maceió

A Central Maceió do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atualizou os conhecimentos dos profissionais que atuam na Base Descentralizada (BD) de Rio Largo, sobre protocolos e procedimentos de urgência, emergência, além de regulação médica. A ação faz parte do projeto Núcleo de Educação Permanente (NEP) Itinerante, que tem como objetivo atualizar os conhecimentos dos socorristas e, com isso, assegurar um atendimento de excelência em todo o Estado.

Além de se atualizar sobre os novos protocolos de atendimentos, os socorristas tiveram a oportunidade de tirar as dúvidas sobre os atendimentos de múltiplas vítimas, quedas de motos e também problemas cardiorrespiratórios, entre outros temas.

O treinamento, que teve como instrutores o enfermeiro Heubert Guimarães, a técnica de enfermagem Katianne Kelly Alves e o condutor socorrista Ricardo Souza, além de apoio logístico, Wylton da Silva Siqueira, ocorreu por meio de aulas teóricas e práticas, possibilitando que os profissionais pudessem simular situações reais que ocorrem no dia a dia.

Conforme o coordenador-geral do Samu Maceió, médico Jhonat Silva, o projeto NEP Itinerante tem exercido papel fundamental na capacitação periódica dos socorristas que atuam nas 35 Bases Descentralizadas.

“Os profissionais das Bases Descentralizadas participam de treinamentos constantes, o que é fundamental para que o nosso serviço seja de excelência, Com a iniciativa, contribuímos para salvarmos mais vidas”, destacou.

Para o instrutor e enfermeiro do Samu Maceió, Heubert Guimarães, atualizar os conhecimentos é fundamental para o exercício da atividade de qualquer profissional e não seria diferente para os socorristas. “Nessas atualizações que o NEP realiza, ensinamos e também aprendemos muito com as experiências práticas apresentadas pelos colegas”, salientou o instrutor.

Para o coordenador da Base Descentralizada de Rio Largo, o enfermeiro Walmir Barbosa, essas atualizações do NEP são fundamentais. “Isso porque elas qualificam, ainda mais, os profissionais, além de ser um momento de interação entre a Central do Samu com as Bases Descentralizada, o que é muito importante, porque temos a oportunidade de ficarmos mais preparados para salvar mais vidas”, frisou.

Para o secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, o treinamento foi uma excelente oportunidade para que os profissionais aprimorassem seus conhecimentos. “A ação serviu para que os socorristas da Base de Rio Largo também tirassem suas dúvidas sobre os novos procedimentos, melhorando, ainda mais, a qualidade do atendimento que os profissionais realizam diariamente”, frisou.

Treinamento ensinou a forma correta de imobilização durante a prestação do socorro

SBV

Durante quase cinco horas de treinamentos foram discutidos os procedimentos e protocolos que os socorristas aplicam diariamente nas ocorrências, a exemplo da segurança na cena do acidente, isto é, como deve ser sinalizada a ambulância no local da ocorrência. Também foram abordados temas como o Suporte Básico de Vida (SBV) em crianças e adultos, bem como os novos protocolos e procedimentos aplicados no dia a dia, que têm como objetivo a recuperação da vida de uma vítima de parada cardiorrespiratória.

A atualização dos atendimentos também abordou procedimentos relacionados à restrição de movimentos de vítima com politraumatismo, que ocorre nos casos de retirada de capacete, o uso de colar cervical e o pranchamento. Também foram repassadas técnicas e princípios que devem ser respeitados para que os atendimentos cumpram com os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde (MS), sejam eles relativos à urgência e emergência, como as regulações médicas, cuidados, riscos e condutas dos profissionais.

“Discutir sobre os acertos, aprimoramentos dos atendimentos e os possíveis erros que podem ser cometidos e que podem ser evitados, foi fundamental para que possamos realizar os atendimentos de forma ética, com agilidade e, o mais importante, salvar mais vidas”, pontuou a técnica de enfermagem da Base Descentralizada de Rio Largo, Paula Danielle Mendes.

Atualizada em:

Leia também

Saúde

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Av. da Paz, 978 – Jaraguá, Maceió – AL, 57022-050.
+55 82 3315-1102
Desenvolvido pela Gerência Executiva de Tecnologia da Informação
Governo do Estado de Alagoas ©2020-2022

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Menu

Mídias Sociais