Secretaria de Estado
da Saúde

Secretaria de Estado da Saúde
Pesquisar
Close this search box.

Sesau orienta sobre a importância de vacinar as crianças contra a covid-19

[print-me target=”#titulo_post, #metadados_post, #texto_post, #rodape_site” /]

Repórter: Fabiano Di Pace

Repórter fotográfico: Carla Cleto

Vacinação brasileira é reconhecida internacionalmente

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) reforça, junto aos pais e responsáveis, a importância de vacinar as crianças entre 6 meses e menores de 5 anos de idade. O imunizante pode ser encontrado em postos de saúde de todo o estado gratuitamente. 

Segundo o cronograma preconizado pelo Ministério da Saúde (MS) as crianças dessa faixa etária anos terão o esquema vacinal considerado completo com 3 doses, que deverão ser aplicadas seguindo os intervalos recomendados de quatro semanas entre a 1ª e a 2ª dose e 8 semanas para a 3ª.

Após os 5 anos de idade, apenas as crianças que integram os grupos prioritários receberão uma dose de reforço em 2024. São eles: imunocomprometidos; com comorbidades e deficiência permanente; indígenas; ribeirinhos; quilombolas; que vivem em instituições de longa permanência e em situação de rua. Esses grupos são os que têm maior risco de desenvolver as formas graves da doença. A inclusão desse grupo já passou por avaliação da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19 (CTAI) e do Programa Nacional de Imunização (PNI).

“A Sesau segue atuando em conjunto com o Governo Federal e administrações municipais para que todos os alagoanos estejam protegidos contra a Covid 19, especialmente, nossas crianças que são parte de um grupo vulnerável e  que merece toda atenção dos pais e responsáveis”, destacou o secretário estadual de saúde, Gustavo Pontes de Miranda.

O gestor reforçou, ainda, que a vacina é segura. “A vacina contra a Covid-19 não representa nenhum risco à saúde de nossas crianças sendo a principal arma de defesa contra a Covid 19 e outras doenças”, destacou o gestor.

Já o secretário-executivo de ações de saúde, médico Marcos Holanda, lembrou que o Brasil é reconhecido internacionalmente por sua cobertura vacinal. “O sistema de distribuição de vacinas brasileiro é considerado um dos melhores do mundo e estamos atuando sempre para manter o nível de excelência que os alagoanos precisam e têm direito”, destacou.

DADOS

De acordo com dados do Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde (Cievs) da Sesau, de 2020 a 2024 foram registrados 344.445 casos de Covid-19 em Alagoas. 

Os casos de crianças abaixo de 10 anos aumentaram de 14,7% do total em 2023 para 28% contabilizados em 2024. “Os pais e responsáveis devem exercer sua responsabilidade e levar as crianças para os postos de saúde para que completem o esquema vacinal assegurando assim a segurança e bem estar de seus entes queridos”, reforçou a gerente do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), Waldinéia Silva.

Atualizada em:

Leia também

Saúde

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Av. da Paz, 978 – Jaraguá, Maceió – AL, 57022-050.
+55 82 3315-1102
Desenvolvido pela Gerência Executiva de Tecnologia da Informação
Governo do Estado de Alagoas ©2020-2022

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Menu

Mídias Sociais