Secretaria de Estado
da Saúde

Secretaria de Estado da Saúde
Pesquisar
Close this search box.

Samu ou Corpo de Bombeiros? Saiba quando acioná-los

Repórter: Arnaldo Santtos
Repórter Fotográfica: Carla Cleto

Muitas pessoas têm dúvidas sobre quando acionar o Samu ou o Corpo de Bombeiros

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu – 192) e o Corpo de Bombeiro Militar de Alagoas (CBMAL -193) funcionam 24 horas por dia, de domingo a domingo, e atuam em todo o Estado. Ambos desempenham a função de prestar atendimento pré-hospitalar móvel e embora tenham atribuições complementares, a finalidade de cada um é específica e devem ser acionados em situações distintas. 

Além de contar com atendimento por terra, ambulâncias e motolâncias, o Samu também presta socorro com o Serviço Aeromédico, com um helicóptero que agiliza o atendimento às vítimas em todo o território alagoano. Já o Corpo de Bombeiros atua com várias equipes de veículos, apoiando, quando necessário, as ocorrências do Samu, especialmente nos casos de colisão de automóvel, quando há vítimas presas às ferragens, entre outras situações. Mas, quando acionar o Samu e quando o Corpo de Bombeiros?   

O médico do Samu, Jordiran Soares, explica que a prioridade dos atendimentos do Samu é urgência e emergência, com risco iminente de morte, a exemplo de Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), além das urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica, psiquiátrica, entre outras. Ele salienta que o Samu deve ser acionado, também, para atender usuários feridos em acidentes de carro, moto ou bicicleta; para socorrer vítimas de espancamento; e de tentativa de suicídio. 

As equipes do Samu, de acordo com Jordiran Soares, estão preparadas para assistir usuários com problemas cardiorrespiratórios; que sofreram trauma, intoxicação ou queimaduras e, ainda, que estejam apresentando quadros infecciosos graves, a exemplo da Covid-19, pneumonia, entre outros. 

“O Samu é referência, ainda, para assistir gestantes em trabalho de parto; pessoas que estejam sofrendo crises hipertensivas; com quadros de hipoglicemia, que corresponde à baixa taxa de glicose no sangue; e vítimas de acidentes com produtos químicos perigosos”, esclarece o médico, ao enfatizar que o serviço também faz transferência de pacientes graves de uma unidade hospitalar para outra, mediante a autorização dos médicos reguladores de plantão.

Samu deve ser acionado pelo número 192 e o Corpo de Bombeiros pelo 193

Corpo de Bombeiros

Segundo o sargento do CBMAL e médico do Samu Ewerton Leandro Soares, os Bombeiros prestam atendimento em casos de incêndio, tanto de pequenas quanto de grandes proporções, especialmente em residências, apartamentos, como também em empresas e órgãos públicos. Nas ocorrências referentes a colisão de veículos, o Samu e o Corpo de Bombeiros são parceiros, principalmente quando há vítimas presas às ferragens, uma vez que a instituição possui equipamentos específicos para fazer o desencarceramento.

“Existem casos que deve-se ligar tanto para o 192 como o 193 e detalhar a situação das vítimas, porque as duas instituições serão convocadas para fazer o atendimento. Tanto as equipes do Samu, como as do Corpo de Bombeiros se comunicam para que possam assegurar o melhor atendimento às vítimas”, destaca Ewerton Leandro Soares.

Nos atendimentos relacionados à tentativa de suicídio, o médico recomenda que a pessoa que solicita o socorro deve avaliar melhor a situação da vítima. “Se ela estiver num local como prédio alto, apartamento ou outros lugares de difícil acesso, o Corpo de Bombeiros deve ser acionado imediatamente, porque é também uma das especialidades da corporação”, enfatiza  Ewerton Leandro Soares, informando que, neste caso, o Samu também deve ser acionado, porque o vítima pode ter feito a ingestão de medicamento ou de outro produto. 

Nas situações de casos de choque elétrico, o Corpo de Bombeiros é também especialista no atendimento. Mesmo assim, o Samu deve ser acionado, porque a vítima pode precisar de assistência específica de um médico, uma vez que pode sofrer uma parada cardiorrespiratória e irá necessitar de equipamentos específicos.

Ewerton Leandro Soares afirma que nos acidentes de trânsito com atropelamentos, tanto o Samu como o Corpo de Bombeiros podem ser acionados. Entretanto, se a vítima estiver presa às ferragens, o atendimento deve ser feito pelo CBMAL, embora o Samu também deve ser acionado, porque a vítima pode precisar de atendimento médico especializado, ou seja, com equipamentos e medicamentos específicos.

Os salvamentos aquáticos também são uma especialidade das equipes do Corpo de Bombeiros. A equipe do Samu, neste caso, é de apoio à vítima, quando ela é retirada de dentro da água, por exemplo. O médico informa que nas quedas de altura, ocorridas nos casos de crateras, fossas e outras semelhantes, o CBMAL deve ser acionado imediatamente, mas o Samu fará o atendimento como apoio, uma vez que ele não dispõe de equipamentos, por exemplo, para descer num local que haja risco de queda, assim também como nos casos de pessoas perdidas em matas e montanhas.

O Corpo de Bombeiros também é especialista nas ocorrências relativas ao desabamento de casas, prédios, ribanceiras e nos deslizamentos de terras. E neste caso, o Samu deverá ser acionado para dar apoio, mas, a prioridade é do Corpo de Bombeiros. Nos casos de vazamento de gás de cozinha, que pode ocorrer explosão, ou acidentes com produtos perigosos, o Corpo de Bombeiros também é especialista. Neste caso também, o Samu poderá ser acionado, principalmente quando houver feridos.

Secretário da Saúde, Gustavo Pontes de Miranda, diz que saber diferenciar quando acionar o Samu ou o Corpo de Bombeiros é uma iniciativa de utilidade pública

Para o secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, saber diferenciar quando acionar o Samu ou o Corpo de Bombeiros é uma iniciativa de utilidade pública e que pode fazer toda a diferença, dependendo da necessidade do socorro a ser recebido. “É importante saber diferenciar e, inclusive, ter o conhecimento de que, em algumas situações, as duas instituições devem ser acionadas, visando agilizar a assistência e assegurar que o socorro seja prestado com agilidade e eficiência”, pontuou o gestor da saúde estadual.

Quando devo chamar o SAMU – 192?

– Dores no peito de aparecimento súbito;

– Crise convulsiva (ataques e convulsão);

– Em situações de Intoxicação ou envenenamento;

– Queimaduras;

– Trabalho de parto com situação de risco;

– Perda de consciência (desmaio);

– Falta de ar;

– Queda acidental (em casa e na rua);

– Sangramento com hemorragia;

– Crise hipertensiva; e

– Acidentes de trânsito

Quando devo chamar os Bombeiros – 193?

– Incêndio;

– Acidentes de trânsito com pessoas presas às ferragens;

– Tentativa de suicídio em local de difícil acesso;

– Salvamento aquático;

 -Vítima presa em altura ou regiões profundas;

– Desabamentos;

– Deslizamento de barreiras;

– Vazamento de gás;

– Pessoas perdidas em matas ou montanhas;

– Vítimas presas em locais de difícil acesso; e

– Acidentes com produtos perigosos.

Atualizada em:

Leia também

Saúde

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Av. da Paz, 978 – Jaraguá, Maceió – AL, 57022-050.
+55 82 3315-1102
Desenvolvido pela Gerência Executiva de Tecnologia da Informação
Governo do Estado de Alagoas ©2020-2022

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas

Menu

Mídias Sociais